Bombas de Sementes de Jornal
Da Semente à Flor

Bombas de Sementes de Jornal

Um belo dia, estou eu procurando informações sobre a germinação de alguma espécie de semente, que não lembro mais qual era, quando encontro um post falando sobre bombas de sementes. Fiquei fascinada pela idéia!

Depois de muita pesquisa, encontrei bastante informação e mais de um método de preparo, vários na verdade, por isso resolvi fazer pelo menos dois posts sobre as bombas de sementes. Vou mostrar os métodos que testei e os resultados com todo o passo a passo.

Nesse primeiro post, vou apresentar as bombas de sementes feitas de jornal.

Material

– Jornal ou outro papel picado ou cortado em tiras finas;

– Pote com água;

– Substrato (opcional);

– Sementes;

– Papel toalha.

Como Fazer 

Eu fiz com jornal, mas podem ser usados outros tipos de papel e até papéis coloridos que vão deixar as bombas de sementes mais bonitas. O papel deve estar picado ou cortado em tiras.

bom_jor_01

Coloquei o papel picado em um pote e enchi com água até cobrir. Eu esperei 2 horas para o papel amolecer, mas acho que deveria ter esperado mais. Quanto mais mole o papel estiver melhor.

bom_jor_02

Eu ainda não fiz novos testes com o jornal, mas se fosse fazer, deixaria na água de um dia para o outro.

A maioria dos sites nos quais entrei, que ensinam a fazer as bombas de sementes com jornal, mandam bater no liquidificador ou processador, mas eu não fiz isso e deu certo. Eu realmente não quis usar meu liquidificador, nem meu mini processador para bater jornal.

Depois de deixar o papel amolecer, tirei do pote e espremi bem para tirar o excesso de água. Com a quantidade de jornal que usei resolvi fazer duas bombas de semente, uma eu fiz com substrato e a outra só com as sementes direto no jornal.

bom_jor_03

bom_jor_04
Sementes de ipoméia purpurea

Com o papel bem menos encharcado, fiz uma caminha com o jornal e em uma das bombas coloquei um pouco de substrato e sementes de ipoméia e erva do gato e na outra somente as sementes, sem nenhum substrato.

bom_jor_06
A caminha pronta
bom_jor_07
Eu consegui fechar e fazer uma bolinha, mas coloquei substrato demais.
bom_jor_08
Caminha pronta com substrato e as sementes

Cuidadosamente fechei a bomba fazendo uma bola com o jornal, dobrando as laterais da caminha para dentro, cobrindo o “recheio”. Apertei bem para firmar o jornal, mas achei que ficou muito solto, parecendo que ia se desfazer.

bom_jor_05
A bomba pronta, mas parecendo que ia desmontar

Para deixar a bomba mais firme usei uma folha de papel toalha para envolvê-la e apertei tirando o excesso de água e moldando como se fosse uma bolinha. O papel usado pode ser colocado no minhocário depois.

bom_jor_09

Logo em seguida desenrolei o papel com cuidado e coloquei as bombas para secar na varanda.

bom_jor_13
Bombas prontas e firmes
bom_jor_14
As bombas ficaram com um tamanho ótimo, nem muito grandes, nem pequenas demais

Recolhi as bombas no dia seguinte já bem secas e estavam firmes.

bom_jor_15
As bombas secas

Resultado

Depois que as bombas estavam secas, coloquei em um vaso e reguei todos os dias. Em poucos dias as ipoméias já estavam germinando em ambas as bombas, tanto com substrato quanto sem.

bom_jor_16
Ipoméias são sempre apressadas para germinar

Não notei diferença no tempo de germinação entre uma bomba e outra, mas ainda vou preferir colocar substrato das próximas vezes porque acho que fica mais fácil para acomodar as sementes.

bom_jor_17
Depois de apenas 3 dias as ipoméias estavam germinando

bom_jor_18

As bombas de sementes foram criadas para serem usadas como tal e arremessadas por aí com o intuito de reflorestamento, então se seu propósito for usar as bombas dessa forma tome o cuidado de só colocar nelas sementes de árvores e plantas nativas.

Na hora de fazer as minhas bombas de sementes eu senti falta dos moldes em formato de estrela e coração que vi em alguns blogs. Achei tão fofos! Também senti falta de ter colocado uma luva de borracha na hora de manusear o jornal, que acaba manchando os dedos.

Eu gostei de fazer essas bombas, não foi trabalhoso e, tirando a parte de amolecer o papel, é bem rápido. As desvantagens de fazer as bombas de jornal é que sujam os dedos (e depois não sai tão fácil) e demandam um pouco mais de trabalho do que as de argila (assunto para os próximos posts) que são bem mais práticas de se fazer. Por outro lado, acho que as bombas feitas de jornal permitem uma germinação mais rápida.

Achei essa uma ótima forma de usar aquelas sementes velhas que a gente nem sabe se germinam mais. É só fazer as bombas, colocar nos vasos ou soltar pelo jardim, regar e quem sabe um dia aparecerá uma muda. Também são ótimas para dar de presente em embalagens bonitas e criativas.

27 respostas para “Bombas de Sementes de Jornal”

  1. Oi Bruno, será que funciona com sementes de manjericão? Manjericão demora a germinar? Após prontas, não precisam ser enterradas, apenas colocadas em cima de algum lugar com terra. É isso?
    Obrigada
    Abraço

    1. Deve funcionar super bem porque manjericão germina fácil. Sim, apenas apoie, mas se você for cuidar das mudas depois de germinadas cubra as raízes com substrato, mas se vai apenas arremessar as bombas a natureza irá se encarregar e só resta torcer para se desenvolverem.
      Abraços Floridos

    1. Mayara não precisa de minhocário. Você a joga onde acha que vão germinar as sementes. : )
      Abraços Floridos

  2. Estas dicas foram tudo para mim, no momento. Estou iniciando com meus alunos a formação de uma horta, e eles mesmos poderão germinar suas próprias sementes!… Simples demais! Obrigada por compartilhas suas experiências!

  3. Bom dia, gostaria de fazer essas bombas para dar de lembrança de maternidade no nascimento de minha filha. Você acha que quantos dias antes devo prepará-las?? Quantos dias elas suportariam em uma embalagem de papel???

    1. Lilian depende das sementes que você usar, sugiro que use sementes que mantém a capacidade de germinação por um bom tempo como tomates, ipoméias, etc, assim você pode preparar com antecedência sem se preocupar. Sendo sementes como as que citei você pode fazer com até um mês, mas se umedecer o papel é capaz de germinar antes, rs.
      Abraços Floridos

  4. Bruna fiquei maravilhada com essa bomba. Hoje farei com as sementeiras como vc mostrou no outro post.
    mas adorei a ideia das bombas. Mas fiquei numa duvida… o substrato é so a terra ne? ou voce mistura com o humus?
    Beijao e parabens pelo blog

  5. Oi Bruna! De vez em quando levo sementes para as trilhas que faço e as arremesso na esperança de que ao menos algumas germinem. Como as sementes são leves nem sempre consigo deixá-las exatamente onde quero, mas com essa ideia das bombas vai ser bem mais fácil, além da “proteção” extra que as sementes terão nesta fase tão importante! Parabéns pelo post e um grande abraço!!!

    1. Oi Juliana! Eu também faço trilhas e pensei em usar as bombas quando for fazer as próximas. ; ) Pra você que já tem o hábito de levar sementes as bombas vão facilitar muito ; )
      Abraços Floridos

  6. Olá, eu adoro seu blog e sua forma de escrever (obviamente) rsrsrs. Sou de Manaus, aqui temos 2 estações: calor com sol e calor com chuva. Faço o que posso para salvar minhas plantinhas e deixa-las belas e você ajuda-me muito. Obrigada pelas dicas. Beijos.

  7. Legal, Usava jornal para fazer fantoches há muitos anos. Acho que nem me lembro mais. Para tirar a sujeira das mãos eu usava aquele sabão rosa de mecânico com perfume horroroso para limpar e uso para quase tudo. Como contem areia fina limpa mesmo. Depois é so lavar com sabonete e usar um hidratante. Com suas dicas Bruna minha hortinha esta bonita. O manjericão esta enorme e deixa um sabor muito bom na macarronada com molho caseiro (com o preço do tomate, vale ouro) aprendido com a parte italiana da familia.

  8. Gostei desta ideia, tenho varias sementes de frutiferas que ganhei que com a correria do dia dia acabei não plantanto; vou fazer essas bombas. Obrigada pela ideia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *