Dando Cor aos Vasos
Pouco Espaço Boas Soluções

Dando Cor aos Vasos

Meus vasos da varanda são todos beges ou beges com a borda marrom. Toda vez que eu preciso de um vaso novo, compro mais dos que já tenho para ficarem todos no mesmo padrão, mas eu sempre quis colocar vasos coloridos entre esses de cores básicas. Acho lindos os vasos de cores fortes, mas é quase impossível achar vasos de cerâmica roxos ou laranjas (cores que eu queria) e no tamanho que eu preciso.

Eu até pensava em pintar meus vasos, mas como não tenho tempo, imaginava que quando eu parasse de estudar faria isso. Porém, ultimamente tem aparecido mais pragas e com mais freqüência. Dificilmente perco uma planta, mas é uma luta que se tornou constante. Comecei a perceber que se eu tinha uma planta doente e ela morria, por mais que eu tivesse todos os cuidados para evitar que a praga atacasse a planta nova, isso acabava acontecendo. Como meus vasos estão velhos, alguns até descascando a tinta, comecei a me preocupar dos vasos em si serem um abrigo para as pragas e já estarem infestados. Por isso, resolvi que ia pesquisar para pintar os meus.

Eu tenho muitos vasos, apesar de não ter muito espaço, e já sabia que a pintura ia ser feita em doses homeopáticas, já que tempo é um luxo que eu não tenho. Por isso, comprei um tom de tinta apenas e comecei com o vaso dos meus rabanetes que eu já tinha imaginado que seria roxo, minha cor preferida e presente na decoração da minha sala. Registrei todo o processo da pintura e vim mostrar no blog como fazer.

Material

– Lixa (comprei a 100) e espátula. Esses itens talvez não sejam usados;

– Pincel multiuso ou para pintar parede ( médio 50.8mm);

– Rolo de espuma (pequeno 50mm);

– Fita crepe;

– Tinta acrílica a base de água, acetinada ou fosca . Da marca Coral tem a linha Decora Suave Sensação e da Suvinil a Toque de Seda. Usei a cor “festa da uva” da marca Coral;

– Bandeja para pintura;

– Sacos plásticos;

– Papelão ou plástico para forrar o chão.

Como Fazer

Passe uma colher ou pá pequena pelas bordas do vaso levantando o substrato para abrir uma fenda, deixando exposto o limite entre a pintura interna e a externa do vaso.

cor_01

cor_02

A fenda deve ter 2 ou 3 cm de profundidade.

cor_03

Prenda uma sacola plástica no vaso, usando fita crepe, cobrindo toda a planta para protegê-la. A tinta vai ser passada cobrindo de 2 a 3 cm da parte interna do vaso para ficar um acabamento bonito.

cor_04

cor_05
Plantas protegidas

Depois de prender o plástico, use a fita crepe para traçar o limite entre a pintura externa e interna do vaso. Deixe exposta apenas a parte que será pintada.

cor_06
Essa é, sem dúvida, a pior parte de todo o processo de pintura

Depois que fiz esse vaso,  achei que usar uma cartolina ou papelão para isolar a planta seria mais prático, mas eu não tinha nenhum dos dois itens na hora, no entanto, para os próximos já vou providenciar.

Antes de começar a pintura, a primeira coisa a fazer é passar um pano úmido para limpar o vaso e tirar o pó. Limpe bem, depois deixe secar completamente.

Com o rolo, pinte todo o vaso por fora. Basta rolar a espuma encharcando de tinta, depois esfregue na parte texturizada da bandeja para tirar o excesso. Não deixe o rolo pingando porque a pintura pode ficar com escorridos. Tire bem o excesso de tinta antes de começar a pintar.

cor_07

Para pintar a parte interna do vaso use o pincel.

cor_09

Meus vasos são claros, por isso comprei apenas a tinta da cor que iria pintar. Se os seus vasos são coloridos ou tem fundo mais escuro, você pode pintar antes com tinta acrílica branca a base de água para fazer um fundo mais claro.

cor_08
Vaso após a primeira mão de tinta

O tempo de secagem é de 2 horas para a tinta estar seca ao toque. Espere esse período ou verifique um pouco antes se já está seca e pinte novamente.

Eu precisei dar apenas duas mãos e a pintura ficou perfeita.

cor_10
Vaso pronto e super bonito. A cor ficou linda.

cor_11

Só retire o plástico e a fita crepe depois que a tinta secar completamente e mesmo assim retire com cuidado para não descascar a pintura.

cor_12
As minhas mudas bem após a pintura e sem traumas

É perfeitamente possível pintar o vaso com a planta, mas isso se for usada a tinta que recomendei. Tintas mais fortes podem afetar muito a planta. É preciso tomar cuidado!

Se a pintura for feita em um vaso sem a planta há outros procedimentos que podem e devem ser feitos para impermeabilizar o vaso por dentro e etc. Se for o caso, o ideal é pesquisar outros sites para procurar mais informações.

Para ter mais durabilidade você pode usar tinta esmalte (tem um cheiro bem mais forte) ou usar a tinta acrílica e passar uma camada de verniz (que também tem um cheiro muito forte) depois. Nesses casos eu não sei se seria possível fazer com a planta.

Se o vaso for novo ou se a tinta estiver perfeita pinte direto, mas se for um vaso muito velho, como os meus, e a tinta estiver descascando em alguns pontos o ideal seria tirar toda a tinta velha com espátula e lixar o vaso. Isso seria o ideal, mas os meus vasos são todos cheios de relevo e eu moro em apartamento. Lixar é o caos, voa pó para todo lado, e não dá pra tirar toda a tinta só na espátula porque não sai tudo e mesmo que saísse, fazer isso demora horrores. Se eu morasse num local onde tivesse espaço aberto poderia fazer, mas não é o caso, e ficar raspando aquelas fissuras dos vasos é a morte. Então eu optei por pintar do jeito que estava e tenho consciência de que é serviço de porco, mas para quem tem tempo e espaço a melhor opção é tirar toda a tinta velha, lixar e só então pintar.

Fazer a pintura desse e de outros vasos que já pintei foi ótimo! Tirando a parte de isolar a planta, que dá mais trabalho, a pintura em si é muito rápida e o vaso fica lindo! O contraste das folhas com a cor forte e a vida que o colorido traz para o local faz valer a pena.

23 respostas para “Dando Cor aos Vasos”

  1. Olá tenho os vasos iguais aos seus, porém estão esfarelando na base. Teria algum produto para passar após tirar a tinta? Fundo preparador seria um bom para parar de esfarelar?

    1. Carla não sei dizer. Os meus não tiveram problemas desse tipo, estavam intactos é apenas pintei. Infelizmente não sei dizer como resolver essa questão, mas recomendo que você troque os vasos se for possível, pois essa condição pode favorecer o aparecimento de pragas.
      Abraços Floridos

    2. Oi Carla, tudo bem?
      Espero poder sanar sua dúvida aqui… Bom, primeiramente o que fez o seu vaso esfarelar foi a umidade que infiltrou nele de dentro para fora, vc terá que impermeabilizar a parte de dentro dele. Depois que fizer isso lixe a parte de fora com uma lixa 100 ou 80, limpe bem a área e depois faça uma mistura de água e cimento puro de forma que vc possa passar com um pincel, passe no vaso todo se possível, deixe secar bem depois lixe com uma lixa mais fina para dar o acabamento. Feito isso vc pode pintar se assim quiser.

  2. você que gosta de vasos eu fabrico vasos técnica que aprendi com minha vó vasos de fio com banho de cimento mais barro para modelar as peças são lindos, estilo proco de arvores ,técnica envelhecida, palmeiras, vasos para entrada ,sala,cozinha e outros.
    obrigado

    1. Deolinda talvez algum leitor tenha interesse, se for o caso podem entrar em contato com você através dos comentários do próprio post.; )
      Abraços Floridos

    2. Olá Deolinda, eu estava procurando técnicas para fazer vasos, e vi seu comentário, achei interessante e gostaria de saber se posso aprender com você. Sou deficiente físico e procuro uma atividade para me ocupar. Meu e-mail é [email protected],
      Obrigado.

  3. Boa noite, estou iniciando uma horta orgânica aqui em casa, comecei a pesquisar e achei seu site, estou adorando suas dicas!!
    Plantei rabanete e eles germinaram rapidamente, os caules estão ficando bem longos e finos, estão ficando caídos para um lado.
    Gostaria de saber se é assim mesmo, ou tenho que fazer alguma coisa?!

    1. Olá Glacy! O ideal é que fiquem com todo o caule abaixo do substrato para que os rabanetes se formem. Se tiver espaço no vaso complete o substrato até cobrir, se não tiver você pode tentar replantar, mas há o risco das raízes ficarem deformadas ou você deixa como está e às vezes mesmo com o caule longo demais os rabanetes se formam. De qualquer maneira, quando você for plantar novas sementes plante sempre bem abaixo do limite de altura do vaso para poder cobrir os caules depois.
      Abraços Floridos

  4. Um dica para quem tem vasos acabadinhos para pintar e nao quer lixar, e usar antes um produto que se encontra em lojas de tinta automotiva e se chama batida de pedra, ele faz qualquer tinta aderir sobre ele…pode usar em vasos de plastico,mdf’ceramica….fica show…

  5. Adorei a cor do seu vaso… Da uma vida ne?
    Ja que estamos falando em vasos o ideal é os de barro ne? Mas teria problema se fossem de plastico? Aqui proximo tá dificil achar vaso de barro e quando acho sao pequeninos. Encontro com muito mais facilidade os de plastico.
    bjs
    Andreia

  6. Ai que lindo que ficou!!! Minha cor preferida é roxo! Aqui a maioria dos meus vasos é de plástico, pq se eu fosse por tudo nos de barro ficaria caríssimo, pq quintal já viu né? A gente quer encher de planta cada espaço! Mas tenho alguns de barro e já pintei. Uns eram velhos, e estavam cheios de musgo e bolor por fora, ai lavei com bucha e sabão e pintei com tinta a óleo, acho que é tipo essas esmalte… é de parece mesmo… comprei umas latinhas pequenas e pintei de várias cores… ficou mto fofo! Mas estavam sem as plantas! Depois mostre os outros vasos! Beijos!

    1. Oi Camila! Roxo é minha cor preferida também. Amo roxo! Já pintei o das cenouras de laranja e ficou uma graça, mas preciso pintar outros ainda. Na verdade vou pintar todos só que alguns vou pintar de bege mesmo. Tudo mega colorido também não vai ficar legal. Depois tiro foto dos outros e posto no blog. : )
      Beijos Floridos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *