Vasos de Garrafa Pet
Pouco Espaço Boas Soluções

Vasos de Garrafa Pet

Eu não costumo comprar garrafas pet, mas meus pais sim e coincidentemente, poucos dias antes da minha viagem para a casa deles, a Patrícia, leitora do blog, me mandou um e-mail mostrando os vasinhos de garrafa pet que ela fez.

vasopet_00

vasopet_01
Esquema da montagem dos vasinhos feito pela Patrícia

Como tudo que eu vejo me inspira, quando vi as garrafas vazias na casa dos meus pais logo separei algumas e prometi levá-las de volta com uma bela muda plantada. Mas antes de começar a fazer os vasos eu pesquisei um pouco e encontrei um vídeo ótimo ensinando a fazer um vasinho bonito e bem delicado com as garrafas. Optei por seguir esse modelo, mesmo sabendo que a tinta que eu tinha em casa não era apropriada para plástico, mas era a que tinha e a que eu ia usar.

Material 

– Garrafa pet;

– Tinta apropriada para plástico;

– Tesoura;

– Caneta de retro;

– Álcool.

Como Fazer

O vídeo explica muito bem como fazer o vasinho passo a passo, então não vou explicar tão detalhadamente no post, mas vou seguir o roteiro do vídeo.

Primeiro deve ser feita a marcação do desenho na parte superior da garrafa com a caneta de retro.

vas_pet_01

Depois que o recorte do desenho for feito é muito importante limpar a tinta da caneta com álcool. Nem sempre sai tudo, às vezes ainda fica marcado onde a caneta foi passada, mas se não for passado o álcool a marca poderá ficar muito evidente mesmo depois que o plástico for pintado e fica feio. Falo por experiência própria.

vas_pet_02

Depois de cortas as duas partes da garrafa e fazer o recorte do desenho, basta dobrar as extremidades da parte superior e pintar.

vas_pet_05

vas_pet_03

O pintar pode parecer simples, mas se a tinta não for adequada vai ser um pesadelo e novamente eu falo por experiência própria. Eu pintei com a tinta que tinha, nada adequada, e foi um horror. Ficou ruim, mas deu pra salvar.

vas_pet_06

vas_pet_07

Mesmo que eu tenha cometido alguns erros, achei que o vaso de garrafa pet colorido até que ficou bonitinho. Teria ficado muito melhor se a tinta fosse adequada e se eu tivesse limpado a caneta, mas mesmo assim gostei do resultado e acho que vale a pena fazer esse modelo. O interessante é que além de ficar bonito ele é funcional, evita proliferação de mosquitos e a água fica armazenada no fundo, podendo ser reaproveitada.

Uma questão que não fica clara no vídeo é como preparar o fundo ao plantar. Minha sugestão é fazer furos na tampa da garrafa usando prego quente ou ferro de solda e colocar pedriscos (tipo pedrinha de aquário) no fundo para fazer a camada de drenagem e evitar que os furos sejam tampados pelo substrato, dificultando a saída da água. Uma camada de dois dedos de altura é suficiente.

Outra sugestão é colocar água na base do vaso e furar a tampa colocando um barbante que toca na água e passa por todo o comprimento do vaso. Encontrei  outra sugestão parecida, porém ainda mais simples, que seria apenas deixar o vaso sem a tampa e encher a base com água até que chegue à altura do substrato.

Lembrando que no blog já existe um post sobre hortas em garrafa pet que também traz muitas dicas bacanas.

2 respostas para “Vasos de Garrafa Pet”

  1. Olá , adoro seu blog!!
    O acabamento final pode ser feito com um rolo de tecido, picotado em ambos lados. Um pedaço dentro da garrafa protege da terra descer e o outro lado fica em contato com a água deixando que a planta puxe a água que ela necessita. Muito legal. Bjs

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *