Compostagem em Garrafa Pet
Adubos e Fertilizantes

Compostagem em Garrafa Pet

Faz muito tempo que fiz um post no blog com um link para o finado Orkut que ensinava a fazer compostagem em garrafas pet. Eu nem lembrava mais do post, mas uma querida leitora, a Wlaisa, me mandou um e-mail perguntando sobre ele, foi quando percebi que o link estava inacessível. Como ela disse que estava tendo dificuldades em entender o processo de montagem da garrafa porque não encontrou nenhum passo a passo com fotos, lá fui eu montar uma composteira de pet para postar no blog.

O processo de montagem é bem simples e pode ser feito com uma garrafa ou com duas. A diferença é que com duas a parte onde ficarão os resíduos fica mais longa. Como eu só tinha uma garrafa, fiz com uma só.

Material

– Garrafa pet;

– Pedriscos;

– Areia;

– Substrato, terra ou húmus;

– Prego para aquecer ou ferro de solda;

– Meia-calça ou tecido bem arejado;

– Tesoura.

Como Fazer

Primeiro corte a garrafa, separando uma parte (com gargalo) para ser preenchida com os resíduos e outra (o fundo) para ser a base que armazenará o chorume.

comp_pet_00

comp_pet_01

Depois de fazer o corte, o próximo passo é furar a tampa da garrafa. Para fazer os furos você pode usar um prego aquecido ou um ferro de solda. O ideal é fazer uma boa quantidade de furos, mas sem que fiquem largos demais para que as camadas da montagem não saiam por eles.

comp_pet_03
Eu costumo usar prego quente para fazer furos em plástico, mas ferro de solda também é uma ótima opção

comp_pet_04

comp_pet_02
Garrafa cortada e com a tampa furada pronta para a montagem das camadas

Com a garrafa pronta, basta fazer as camadas. A primeira camada é de pedriscos e é suficiente cobrir todo o gargalo só até chegar à parte mais larga da garrafa. Eles vão evitar que a  próxima camada saia pelos furos feitos na tampa da garrada.

comp_pet_07

comp_pet_05
Preparando a composteira bem acompanhada

A segunda camada é de areia, pelo menos na montagem que eu faço. Encontrei pouca informação sobre as composteiras de pet como a Wlaisa havia dito, mas nos poucos sites que achei ensinando a fazer a montagem, a maioria coloca a areia como primeira camada sem os pedriscos. Eu nunca fiz a montagem dessa forma porque acho que a areia vai acabar saindo pelos furos da tampa. Isso não é nenhum grande problema, mas é facilmente resolvido com os pedriscos.

comp_pet_06
Tanto os pedriscos quanto a areia eu comprei em lojas que vendem produtos de aquário

A terceira camada é de substrato, que pode ser substituído por terra ou húmus. Uma camada de aproximadamente dois dedos é suficiente.

comp_pet_08

A quarta camada é de resíduos úmidos. Para saber quais resíduos podem ou não ser usados na composteira veja o post Programa Meu Minhocário Minha Vida.

No caso dos minhocários os resíduos podem ser colocados inteiros ou picados (preferível), mas no caso das composteiras de garrafa pet os resíduos devem ser sempre picados.

comp_pet_09

Essas duas últimas camadas, substrato e resíduos úmidos, vão se repetir até ocuparem toda a garrafa e a última camada deve ser necessariamente de substrato para evitar mal cheiro.

comp_pet_10

A composteira deve ficar sempre coberta por uma meia-calça fina cortada ou um pedaço de tecido bem arejado para evitar a entrada de insetos. Para fazer essa montagem eu usei um pedaço de pano de chão e tive que usar um elástico para prender.

comp_pet_11
Composteira totalmente preenchida
comp_pet_12
A composteira pronta

Com a montagem pronta basta deixar a composteira em local protegido do sol e da chuva e manter os resíduos levemente úmidos, sem encharcar.

Se os resíduos estiverem secos demais coloque um pouco de água e se estiverem úmidos demais coloque mais substrato e evite acrescentar novos resíduos por alguns dias.

Depois de algum tempo o chorume vai começar a se formar e quando a mistura estiver completamente homogênea com aspecto de húmus e sem cheiro, no máximo cheiro de terra molhada, a compostagem está completa. Esse processo pode demorar bastante e varia de acordo com uma série de fatores.

26 respostas para “Compostagem em Garrafa Pet”

  1. Obrigada.
    Também moro em apartamento e estava à procura de uma composteira pequenininha pra me ajudar com meus vasinhos de temperos. Foi a melhor explicação e detalhes que encontrei até agora! Parabéns pelo site! Bjs

  2. Achei excelente idéia usar garrafa pett; eu estava pesquisando como
    como a composteira e encontrei a idéia pronta, só por em prática.

    muito obrigada pela idéia,

  3. Ai, lindona, estou pensando em fazer assim (e multiplicá-las conforme o volume de lixo orgânico). Como moro em apertamento, tenho muito medo que dê mal-cheiro, sobretudo na hora de revirar a caixa… esta me parece uma boa solução 🙂


    1. Paula se você balancear secos e úmidos não dá cheiro algum, fique tranquila, mas qualquer dúvida estarei à disposição. Abraços Floridos

  4. Adorei sua idéia,obrigafa por compartilhar, tenho uma dúvida: como faço usando duas garrafas? É c 2 garrafas então a parte de cima fica tampada?
    Obrigada.

    1. Marelena usando duas garrafas você vai usar o fundo de uma e todo o restante da outra, cortando só uma pequena parte do fundo para fazer a abertura. Então a parte onde serão depositados os resíduos ficará maior. O restante do processo é o mesmo.
      Abraços Floridos

  5. PARABÉNS POR PROMOVER A CONSCIÊNCIA ECOLÓGICA E A SUSTENTABILIDADE.
    Para quem tiver o interesse em fazer compostagem doméstica ou vermicompostagem ou até criar minhocas; você encontra as composteiras e as minhocas vermelhas da califórnia (ou até mesmo as caixas plásticas avulsas) no site CaixasPlasticasCuritiba. Tem diversos tamanhos. Tem também links para vídeos orientativos de como usar a composteira.
    Buscar pela palavra chave: COMPOSTEIRA ou MINHOCÁRIO
    Link: Composteiras

  6. olá todas as composteiras que vi até agora precisam de minhocas californianas esta não precisa?aguardardo resposta obrigada cleise

    1. Cleise a compostagem pode ser feita sem minhocas, só leva mais tempo para o composto estar pronto. Nessa composteira especificamente eu não sugiro o uso de minhocas por ser um espaço muito limitado.
      Abraços Floridos

  7. Ola, eu gostaria de fazer um blog e achei bem interessante o seu, poderia me dizer que desenvolvedor você usou? pode me retornar no e-mail: [email protected] ou pelo WhatsApp: (49) 9906.4871, sou de Santa Catarina.

    1. Luana o tempo depende de uma série de fatores, você vai ver que está pronto quando estiver uniforme e sem cheiro ruim. Use 1 parte de substrato para cada parte do composto.
      Abraços Floridos

  8. Tentei fazer composteira somente com caixa fechada e não deu certo. Acabei comprando um kit minhoqueiros. Mais rápido e com vantagem de obter chorume e húmus.

    1. Oi Juliana! Às vezes demora até conseguirmos encontrar o equilíbrio, mas vale a pena. ; ) Essa de garrafa pet é super prática e ótima para quem não tem espaço, mas as de caixa são a melhor opção.
      Abraços Floridos

  9. Boa tarde! Boa ideia para fazer em apartamento ou para ensinar em sala de aula!
    Só uma dúvida, após preencher tds as camadas vc ai da mexe a mistura ou deixa parada somente acrescentando água?
    Abç!

    1. Ops: “Só uma dúvida, após preencher tds as camadas vc ainda mexe a mistura ou deixa parada somente acrescentando água?”

    2. Olá Cris! Deixo parada e só acrescento água quando necessário. O espaço é muito reduzido para mexer.
      Abraços Floridos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *