Vinagreira Roxa (Hibiscus acetosella)
Flores

Vinagreira Roxa (Hibiscus acetosella)

Meus tipos preferidos de plantas são as comestíveis, especialmente as pimentas e tomates, mas eu também amo flores (quem não ama) e recentemente achei uma planta pela qual eu me apaixonei, a vinagreira roxa. Ela é da família dos hibiscus, a coloração do tronco e das folhas é maravilhosa e as flores são lindas.

Quando vi que a Camila do blog Diário de uma Sementeira tinha sementes dessa planta logo combinamos uma troca. Como minha cor preferida é roxo e eu adoro tudo que tem roxo no nome, especialmente se for uma planta, fiquei louca pra ver essas mudinhas crescendo.

Desde pequenas, quando ainda tinham poucos dias de vida, minhas vinagreiras se mostravam muito resistentes. Elas têm crescimento rápido e aos poucos foram mudando de cor e ficando com sua característica cor roxa, que dependendo da incidência do sol fica mais avermelhada.

Acompanhei todo o desenvolvimento das minhas mudas por quase 160 dias e esperei ansiosamente pela primeira flor. Pelo menos, apesar da espera, terei muitas flores para admirar daqui para frente porque as mudas estão carregadas de botões.

As minhas mudas estão em um vaso que pega sol o dia todo e acredito que o ideal para elas é pelo menos sol da manhã ou da tarde. Já vi sites e blogs dizendo que podem ficar à meia-sombra, mas as minhas nunca ficaram, então não posso dizer se elas se desenvolvem bem nessa condição ou não.

A rega deve ser feita quando o solo secar, mas sem encharcar. Rego as vinagreiras como rego as minhas pimentas, mas acho as vinagreiras ainda mais resistente à falta de água. A questão é que quanto mais sol e mais quente, mais rega. Agora que tem feito sol aqui em SP tenho regado quase todos os dias.

Até começarem a surgir os primeiros botões usei adubo líquido na rega uma vez por semana. Depois só colocava um pouco de húmus no vaso ao redor da planta sem ser muito próximo às raízes, aproximadamente a cada 30 dias.

A única praga que as mudas tiveram foram cochonilhas, mas nada que as abalasse. O problema foi rapidamente resolvido com o combo super top plus e uma limpeza com cotonete. Apesar de eventualmente as cochonilhas insistirem em aparecer, não chegam a causar danos.

O vaso em que plantei minhas mudas, três no total, é um dos maiores que tenho e sugiro vasos grandes para as vinagreiras, mesmo que seja uma muda apenas, porque as raízes crescem muito.

Algo importante sobre essa variedade é que ela não é a tradicional vinagreira, que tem folhas verdes e flor clara. Essa variedade é conhecida como vinagreira roxa, mas na verdade o que muda não é só a cor, são espécies diferentes. A vinagreira tradicional é hibiscus sabdariffa e essa hibiscus acetosella. A própria Camila fez um post falando sobre as duas espécies.

Ambas  as espécies são comestíveis e podem ser usadas na culinária e como ervas medicinais, o porém é que, pelo que pesquisei, a vinagreira tem um sabor acentuado e todas as partes da planta podem ser usadas, já a vinagreira roxa não tem muito sabor e vejo mais recomendações para usar apenas as folhas.

Eu estava super entusiasmada para fazer chás e geléias com a minha vinagreira, mas depois de pesquisar sobre essa espécie fiquei na dúvida se devo arriscar conhecer a comentada falta de sabor dela ou esperar pela minha muda de vinagreira tradicional, aquela que ainda não sei de onde vem, quando vem e se vem, mas que estou procurando. Vou tentar achar sementes ou mudas na minha próxima viagem à Holambra para a Expoflora desse ano. Até lá, agradeço se algum leitor do blog que tenha experiência com a vinagreira roxa no uso culinário comentar o post. Realmente gostaria de saber se vale a pena usá-la.

Independente do sabor ou falta dele, a vinagreira roxa tem muito para oferecer. Achei um ótimo link que fala sobre as propriedades dessa variedade.

Clique na primeira foto e passe uma a uma para ver toda a galeria ou clique em cada foto individualmente para ampliar.

22 respostas para “Vinagreira Roxa (Hibiscus acetosella)”

  1. Gostaria de saber como está a vinagreira roxa agora, e se você conseguiu as sementes de vinagreira de folhas verdes, como queria. Se não conseguiu, acho que consigo sementes dela. Também gostaria de saber se você tem ou terá sementes da vinagreira roxa, para trocarmos.

  2. Olá! Belo post! Ganhei muda de vinagreira roxa um pesquisador de Campinas que tem um projeto esducacional com PANCs para crianças. Se alguém quiser seu contato, pode me pedir no email [email protected]

    Abraços!

  3. Eu já comi muito ,tanto da roxa cmo da verde,muito bom coloca no peixe,na carne,e tambem cozida e refogada. uma delicia. estou procurando um meio de consegui semente pra planta.esqueci de dizer que eu comia quado morava em São Luis /MA.

  4. Bom dia
    Vc conhece umeboshi? Da culinaria japonesa, pois bem a vinagreira pode ser substituida pela ameixa.
    Parabens pelo blog

    Abs
    Edson

  5. Sobre a vinagreira, tem uma blogueira doando sementes crioulas de várias regiões do Brasil e até do Peru. Tem vinagreira, mas não sei se é exatamente a que vc procura. Vale a pena a visita em http://assementeiras.wordpress.com/2015/04/15/doacao-de-sementes-crioulas/#more-1567
    Sobre o sabor: participo de um projeto sobre PANCs e temos ela na horta. Não vi ainda as flores, mas creio que a nossa seja a roxa. De todas as pancs que experimentei, as folhas da vinagreira foram as mais gostosas. Nas experiências gastronômicas usamos em sucos, doces e salgados, além de mordiscar frescas no caminho da horta para o laboratório.
    No mais, parabéns pelo blog e no face vamos interagir mais.

    1. Oi Ana! Obrigada pela dica. As sementes já acabaram, mas adorei o blog! As folhas dessa que você provou eram roxas também? Estou louca pra provar, mas agora estou com a variedade tradicional da acetosella, que tem folhas verdes.
      Abraços Floridos

  6. Que linda! Amo flores, em especial os hibiscus. gostaria de saber como faço para consegui as sementes dessa em especial, a vinagreira roxa. Eu nunca vi dessa especie em minha região.

    1. Olá Elaine! Eu devo levar sementes dela no próxima Pic Nic aqui em SP. Se você for de SP e puder ir, posso reservar algumas para você. 😉 Eu nunca vi sementes de vinagreira de nenhum tipo para vender em lojas de jardinagem, mas você pode achar nos sites que passei no post “Onde Comprar Sementes Raras”. Se não me engano na loja Sambalina tem.
      Abraços Floridos

  7. Boa Tarde Bruna, tudo bem?
    Vou procurar aqui na minha cidade se acho semente dessa Vinagreira Roxa.
    Eu posso plantar uma Aroeira Pimenteira no meu jardim, ele é pequeno.
    A Planta está num vaso pequeno e eu estava querendo transferir para outro lugar que seria o jardim no lugar de um Hibisco que acabou morrendo. A Aroeira fica muito grande e como eu podo para não crescer muito?
    No seu aguardo, obrigado,
    Daniel

    1. Olá Daniel! Não tenho experiência com árvores, mas acredito que sim. O problema é que se ela tiver raízes fortes e que cresçam muito isso pode ser um problema. Melhor pesquisar especificamente sobre essa espécie. A questão é que mesmo com a poda dos galhos a raiz pode ser um problema.
      Abraços Floridos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *