Alface Regina
Legumes e Verduras

Alface Regina

Se tem uma planta que acho que todos imaginam numa horta é alface e é uma delícia comer alface da sua própria horta, fresco e totalmente orgânico.

Eu já tinha tentando cultivar alfaces sem sucesso com sementes de uma variedade chamada 4 estações. As sementes germinavam, mas a planta não se desenvolvia e morria em pouco tempo. Tentei algumas vezes e achei que o problema era eu, por isso fiquei um tempo sem cultivar.

Recentemente decidi tentar cultivar alfaces de novo,  porque horta sem alface não é horta. Analisando as muitas variedades que encontrei na seção de sementes da Cobasi, resolvi experimentar alface regina. Plantei as sementes e diferente das de alface 4 estações germinaram incrivelmente rápido.

Plantei as sementes o dia 20/09 e no dia 24/09 elas germinaram. O crescimento a partir daí não foi tão rápido assim, pelo menos até o transplante para o vaso definitivo aos 18 dias. Esperei esse período para transplantar para que a muda estivesse resistente o suficiente para não sofrer tanto com a mudança. O vaso definitivo para onde transplantei a muda pega sol por boa parte da manhã e da tarde.

Depois que transplantei a muda o crescimento foi absurdo. Em pouco tempo as folhinhas delicadas cresceram e ficaram imensas. O alface cresceu muito tanto em altura quanto em largura. Logo pude apreciar as folhas de sabor suave do alface regina.

Quando fiz a primeira e a segunda colheitas as folhas estavam bem macias e gostosas, na terceira colheita o caule já estava com o típico líquido leitoso dos alfaces. Nessa última colheita eu tirei menos folhas do que havia programado e então parei de colher. Ao invés de cortar todo o alface como normalmente é feito, deixei a planta lá porque queria ver as flores.

Quando os alfaces são jovens eles produzem um líquido transparente e ralo. Quando estão mais velhos começam a produzir um líquido branco e mais espesso que amarga e nessa fase já não estão tão saborosos. Eu não senti tanta diferença no sabor, mas tirei uma parte do talo das folhas que ia consumir quando percebi que a planta já estava produzindo esse líquido leitoso. O fato da planta estar nessa fase não significa que está imprópria para consumo, há apenas uma mudança no sabor.

Depois que fiz a última colheita continuei com os cuidados normais com meu alface, regava, colocava adubo semanalmente, etc, esperando a floração. Quando a muda estava com 130 dias vi os primeiros botões, ainda bem pequenos. Aos poucos um grande pendão foi surgindo e crescendo até que a primeira florzinha abriu, tão delicada para uma planta tão robusta.

Depois da primeira flor várias outras abriram. Houve um dia em que abriram várias de uma só vez, algo que eu esperava ansiosamente, mas vi as flores abertas por volta das 9:00hs da manhã e quando fui fotografá-las às 11:30hs já estavam fechadas.

O cultivo dessa espécie de alface me trouxe muita satisfação, do prazer de comer o alface que eu cultivei pela primeira vez à oportunidade de apreciar suas flores.

Não plantei novas mudas de alface regina ainda porque tenho outras espécies de alface germinando e crescendo, mas será sempre uma excelente opção para minha horta.

Clique na primeira foto e passe uma a uma para ver toda a galeria ou clique em cada foto individualmente para ampliar.

17 respostas para “Alface Regina”

  1. bruna. ja tentei plantar a alface regina, por diversas vezes e não consegui. usei tudo que é tipo de solo sem nenhum resultado positivo. ha 4 dias plantei as sementes usando humus de minhoca e vermiculita, pois os outros tipos de alface ja começaram a germinar. voce pode me dar um ajuda. grande abraço;

  2. Bruna. ja tentei cultivar a alface regina por 4 vezes e não consegui. a ultima ja tem 9 dias e não germinou. uso sempre o mesmo solo, com humus de minhoca, farinha de ossos, torta de mamona e calcario de conchas. porque será que não consigo? abraços.

  3. Olá. Qual foi o tamanho do vaso que você plantou a alface? Sempre fico na dúvida com relação ao tamanho dos vasos e o tipo de planta.Grata

  4. Oi Bruna ,gostei da sua dica do tipo do alface.Já cultivei o crespo em vaso e ficou lindo.Vou tentar o Regina e também quero fazer as mudas de pessegueiro que vc ensinou.Parabéns e obrigado.

  5. Bruna bom dia !
    Seus alfaces já sofreram com pragas? Os meus, cada vez que vou vê-los (de manhã ou à tarde/noite) percebo mais furos.
    O que fazer se não sei nem qual é a praga ? (rsrsrsrs)
    Poderia me dar uma dica ?

    Muito obrigado pela informações

  6. Olá Bruna, parabéns pelo excelente blog, estou começando a cultivar algumas plantas em casa, já plantei tomate e e brócolis com sucesso porem, tentei muitas vezes germinar sementes de alface e nunca consegui nem uma semente sequer rs, e gostaria muito de umas dicas suas se puder.

    Já tentei na espuma fenólica, em sementeira e a ultima tentativa foi em papel toalha com plastico filme e nada de germinar.O que devo fazer para ter sucesso com essas benditas? qual temperatura deve estar o ambiente? elas tem que ficar no escuro? Desde já agradeço!

    1. Helder não creio numa coisa dessas, rs! De uma maneira geral as sementes de alface germinam muito rápido, talvez o problema seja a variedade que você quer cultivar. Eu sugiro alface regina verão, que foi a que tive mais facilidade para cultivar. Estou tentando cultivar alface mimosa, mas tenho perdido as mudas por tombamento. Elas crescem até certo ponto e tombam. Mas eu não desisto nunca, rs. Tente essa variedade que indiquei (a desse post) e use a técnica do algodão como mostrei no post Mix de Técnicas de Germinação. Só evite deixar o algodão úmido demais porque apodrece as sementes, mas normalmente alfaces germinam tão rápido que não dá tempo de apodrecer. Não precisam de ambiente escuro, apenas calor e umidade.
      Abraços Floridos

  7. Que fofa! Já vi foto de alfaces gigantes, com mais de metro e uma pendão maravilhoso de flores! Se couve tb são fantásticas! Eu quero plantar cenoura como ornamental, as flores são uns buques lindos! Bjos!

    1. Oi Camila! O pendão fica bem bonito mesmo. Eu também já tinha visto alfaces bem altas, achei que era alguma espécie que tinha essa característica, mas pelo visto se deixar ficam assim mesmo, vão crescendo verticalmente. Eu plantei cenouras aqui várias vezes sem sucesso, mas eu queria as cenouras mesmo.
      Abraços Floridos

  8. olá Bruna, sempre uso seu blog antes de tudo quando o assunto é horta caseira. Também não tive muita sorte com a germinação das alfaces.
    Qual o método de germinação que você usou?

    grata.

    1. Olá Elayne! Eu usei o mix de técnicas de germinação que passei no blog. Primeiro germinei no algodão, depois passei para o substrato e quando a muda atingiu um certo tamanho eu transplantei para o vaso definitivo.
      Abraços Floridos

  9. oi Bruna, já faz um tempinho bom que frequento seu site. Gostei demais desse seu post sobre alface-regina; quero aproveitar para lhe agradecer por compartilhar suas aventuras. Eu tenho minha hortinha numa laje aqui em casa, … Aprendo muito com você… Dá muito trabalho lidar com plantas! Porém, traz um prazer, não é mesmo? abração

    1. Olá Sonia! É um prazer compartilhar minhas experiências no blog e fico feliz de saber que te ajudam ; ) Realmente elas dão trabalho e exigem atenção, mas eu adoro mesmo assim, kkk, como você disse é um prazer cuidar delas.
      Abraços Floridos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *