Árvore da Felicidade – Símbolo de Alegria, Amor e Boa Sorte
Folhagens

Árvore da Felicidade – Símbolo de Alegria, Amor e Boa Sorte

 

A árvore da Felicidade é uma planta que eu adoro e por muito tempo quis cultivar. Devo dizer que só nome dela já é motivo suficiente pra me deixar interessada. Imagina que lindo cultivar uma planta que tem felicidade no nome e vê-la crescer e prosperar. Não dá uma sensação de estar, de certa forma, cultivando a felicidade em si? Talvez para muitos isso seja bastante irrelevante ou talvez sem sentido, mas o nome da planta é um fator que a torna mais atrativa para mim.

Arvore da Felicidade - Polyscias guilfoylei - Polyscias fruticosa

O simbolismo também é algo que me chama bastante atenção e o da árvore da felicidade é tão lindo quanto o nome que ela tem ou a própria planta em si, que é uma folhagem muito bonita.

Considerando todo o meu interesse na árvore da felicidade, fiquei imensamente feliz quando ganhei mudas de uma colega do trabalho, uma estaquia do macho e uma da fêmea. Cultivei essas mudinhas com muito carinho e cuidado e elas cresceram bastante. Então, com as minhas mudas lindas e bem desenvolvidas, posso falar sobre o cultivo dessas plantas tão populares.

É importante dizer que existem duas espécies, a polyscias guilfoylei e polyscias fruticosa, e ambas são chamadas de árvore da felicidade, sendo uma considerada o macho e a outra a fêmea, respectivamente. Elas são tradicionalmente cultivadas juntas, formando um casal no vaso, e há um simbolismo muito bonito envolvendo esse cultivo, mas vou falar sobre isso mais adiante.

Arvore da Felicidade - Polyscias guilfoylei - Polyscias fruticosa
Detalhe da folha da planta macho, polyscias guilfoylei
Arvore da Felicidade - Polyscias guilfoylei - Polyscias fruticosa
Detalhe da folha da planta fêmea, polyscias fruticosa

Durante todo o post vou falar sobre o cultivo da árvore da felicidade levando em consideração a composição das duas espécies, porém, tudo que for lido aqui serve para cada uma individualmente, caso você tenha apenas uma ou outra espécie.

Plantio

Os dois ramos de árvore da felicidade que ganhei eram pequenos, mas já estavam com algumas raízes. Assim que cheguei em casa os plantei usando uma mistura de uma parte de substrato de boa qualidade, uma parte de casca de pinus moída, para deixar o substrato mais leve, e uma parte de húmus de minhoca.

A árvore da felicidade não é particularmente exigente com substrato, mas o ideal é que seja uma mistura com uma boa quantidade de matéria orgânica, preferencialmente mais rica em macro e micronutrientes e nitrogênio, que melhora o desenvolvimento da folhagem.

Arvore da Felicidade - Polyscias guilfoylei - Polyscias fruticosa
Minhas mudas de árvore da felicidade recém chegadas
Arvore da Felicidade - Polyscias guilfoylei - Polyscias fruticosa
Minhas mudas como estão hoje

Outro ponto importante é a drenagem. O ideal é que seja um substrato leve. Ela não precisa de um substrato super leve como as avencas, por exemplo, mas acrescentar a casca de pinus moída ou areia de rio média ajuda bastante. 

Logo no dia seguinte, depois de plantar minhas mudas, notei que o macho não estava bem. A fêmea mantinha-se bonita e viçosa, já o macho estava sem vitalidade e levemente murcho. O retirei do vaso e coloquei em um copo com água, no qual ele ficou durante vários dias até criar mais raízes e estar mais resistente para ser novamente plantado no substrato.

Ambas as minhas mudas foram plantadas no substrato amarradas a varetas de arame revestidas de plástico, aquelas que vem segurando as hastes de orquídeas phalaenopsis, mas um palito de churrasco faria a mesma função. É importante dar suporte para o caule das árvores da felicidade, sejam elas macho ou fêmea, porque eles são frágeis e elas tombam com facilidade. À medida que a planta cresce o suporte deve ser trocado por outro maior e mais resistente. Particularmente gosto muito de bambus, mas cabos de vassoura são os mais usados.

Quando as minhas mudas chegaram a um tamanho que o vaso no qual estavam plantadas já não comportava, eu as replantei. No replante optei por um vaso bem maior, que as abrigará por alguns anos pelo menos, e usei a mesma mistura de substrato do plantio inicial.

Arvore da Felicidade - Polyscias guilfoylei - Polyscias fruticosa
A enorme árvore da felicidade macho da amiga Ju, do blog Jardinet
Arvore da Felicidade - Polyscias guilfoylei - Polyscias fruticosa
A enorme árvore da felicidade macho da amiga Ju, do blog Jardinet

A árvore da felicidade pode crescer muito e as fotos da árvore da felicidade macho da Ju do blog Jardinet comprovam isso. As informações são um pouco divergentes, mas pelo que pesquisei elas podem chegar a 5 metros de altura. Portanto é fundamental pensar que o vaso deve ser grande o suficiente para comportar uma planta de grande porte dentro de casa. O comprimento pode ser controlado com podas, mas ela ainda irá ser uma planta que precisa de espaço.

Sol

A árvore da felicidade é uma planta que prefere meia sombra ou luz filtrada e ela cresce super bem nessas condições. Por isso é ótima para ambientes internos.

Desde que chegaram as minhas mudas foram cultivadas apenas com muita claridade, mas sem sol direto, mesmo que filtrado, e cresceram bastante, sempre lindas e verdinhas.

As plantas que conheço e pegam sol demais, mesmo filtrado por janelas, têm as folhas bastante amareladas e ficam feias. Então mesmo em ambientes internos é importante observar como a planta reage à exposição ao sol e trocá-la de local, se for necessário.

Rega

A árvore da felicidade prefere uma certa umidade. Eu procuro regar em pequena quantidade, mas de forma que o substrato fique levemente úmido entre regas.

Lembrando que às vezes a superfície parece seca e por baixo está bem úmido. Então fazer um teste é importante. Basta colocar o dedo na terra, afundar uns centímetros e verificar se está muito úmido. Pode-se usar também um palito de churrasco. Se sair úmido não regue.

Isso é especialmente importante para plantas que ficam dentro de casa, porque elas têm menos exposição ao vento e sol e por isso demoram mais para precisar de regas.  

Adubo

A árvore da felicidade é uma folhagem e fica dentro do meu escritório. Essas duas particularidades fazem com que os adubos que uso para manutenção dela sejam um pouco diferentes dos que uso para a maioria das minhas plantas. 

Em plantas que ficam em ambientes internos eu evito usar adubos misturados ao substrato ou os foliares, que são borrifados nas plantas. Como uso exclusivamente adubos orgânicos a possibilidade de atraírem drosófilas é grande.

Arvore da Felicidade - Polyscias guilfoylei - Polyscias fruticosa
Minhas mudas ainda no vaso menor

Misturar ao substrato, se for uma quantidade muito pequena e se for coberto com substrato puro depois, ainda é uma boa alternativa. Porém, para mim o melhor método para fazer a manutenção é através das regas com os adubos bem diluídos.

Para a árvore da felicidade, que é uma folhagem, eu prefiro os adubos ricos em macro e micronutrientes, como o húmus de minhoca, e os mais ricos em nitrogênio, como a borra de café, que é um excelente adubo e ainda tem a vantagem de ser orgânico, sustentável e econômico.

Normalmente uso o adubo líquido feito com a borra de café, diluído nas regas uma vez por mês ou a cada dois meses.

A árvore da felicidade não precisa de muita coisa pra crescer feliz e sorridente, então a rotina de adubos é mais tranquila do que com outras espécies mais exigentes.

Pragas

Pragas?! Minha árvore da felicidade não sabe o que é isso. De qualquer forma recomendo ler o post Guia de Defensivos Naturais para saber como lidar com a maioria das pragas que podem aparecer na sua planta. 

Simbolismo 

A árvore da felicidade é um nome que serve para duas espécies, a polyscias guilfoylei e a polyscias fruticosa, consideradas macho e fêmea respectivamente. Porém, o simbolismo dessas plantas só se aplica quando são cultivadas juntas no mesmo vaso. Só uma ou outra sozinha não tem uma representatividade tão forte.

Ainda de acordo com o que se fala sobre ela popularmente, as mudas devem ser recebidas de alguém como presente. Então o ideal é ganhar a árvore da felicidade e não comprá-la.

Arvore da Felicidade - Polyscias guilfoylei - Polyscias fruticosa

Acredita-se que ter um casal de árvores da felicidade em casa atrai alegria, amor e boa sorte. Elas juntas simbolizam o yin yang e o equilíbrio entre masculino e feminino. Por causa desse simbolismo, no Feng Shui a árvore da felicidade é uma ótima planta para ser colocada na área dos relacionamentos.

Sinceramente, e aqui vai apenas a minha opinião pessoal, eu sempre quis a árvore da felicidade, macho e fêmea juntas, acho lindo o simbolismo delas e acredito nele.

Penso que atraímos aquilo em que acreditamos ou pelo menos atraímos coisas boas ao manter um padrão mental positivo. Se toda vez que olho para minha árvore da felicidade vejo nela um símbolo de amor e boa sorte, ainda que eu não pense nisso, ainda que seja insconsciente, estou atraindo isso pra minha vida. Ter ao meu redor símbolos de coisas boas faz com que eu as mentalize e demonstre pra mim mesma e pra vida que é isso que quero cultivar e nutrir.

Quanto a ganhar, eu acho que é o ideal sim, mas nada que impeça de comprar sua própria muda. Nem sempre tem uma pessoa próxima que cultive essa criatura pra ceder umas mudinhas amigavelmente. Por amigavelmente entenda que “pegar” um galhinho do vaso da empresa ou do consultório do seu dentista não conta. Por outro lado, pedir para o dentista uma muda e ele aceitar te dar sem ter sido coagido por uma louca ou louco das plantas já conta como ganhar rs.

2 respostas para “Árvore da Felicidade – Símbolo de Alegria, Amor e Boa Sorte”

  1.  

    Lindo post com as ótimas ilustrações de sempre e com um detalhamento técnico muito grande e de fácil compreensão para noviços. Parabéns! Não estou mais recebendo as notificações de novas postagens e tentei me reinscrever mas o sistema não permite e me dá uma notificação de que sou “suspeito” kkkkkkk! Você pode dar um jeito nisso? Gosto muito de receber suas notícias. Um abração.

    1.  

      Yucatan o site está com problemas mesmo na newsletter : (. Estou tentando resolver, mas ainda não consegui. Vou chegar a uma solução o mais rápido possível. Desculpe o inconveniente.
      Obrigada pelo carinho de sempre : )
      Abraços Floridos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *