Meu Super Fertilizante (Adubo) Foliar

 

Todos os itens que eu uso no meu super fertilizante foliar eu já usava antes, porém cupro dimy e enxofre dimy ficavam cada um no seu respectivo borrifador e o adubo líquido e o própolis eu usava na mesma mistura, mas no fim eu tinha 3 borrifadores com fertilizantes foliares diferentes.

Super Fertilizante e Adubo Foliar

Um belo dia resolvi testar a mistura de todos por causa das minhas mini rosas (aquele desespero básico, quem nunca …) e deu super certo!

Com o sucesso do experimento eu aboli os borrifadores separados e agora meu borrifador de adubo foliar contém todos esses ingredientes juntos e minhas demais plantas, além das mini rosas, também amam.

Depois de meses testando a mistura em várias plantas e ver que de fato só trouxe benefícios, vou passar a receita completa e explicar passo a passo como a preparo.

Quais Defensivos e Adubos Usar

A receita que eu uso contém:

  • Adubo orgânico líquido (você encontra a receita aqui no blog no post Adubo Líquido);
  • Cupro dimy;
  • Enxofre dimy (no post Enxofre tem mais informações sobre ele);
  • Extrato de própolis.

Cada um desses itens tem uma função específica e não os misturei à toa. Como é sempre bom saber o que estamos usando e não apenas seguir uma receita da internet sem ter ideia do porquê, vou falar sobre cada um e explicar resumidamente as funções de cada item.

Adubo Orgânico Líquido

No blog já tem um post sobre o adubo líquido e o passo a passo para prepará-lo. Esse adubo, além de poder ser usado nas regas, é um excelente adubo foliar com macro e micro nutrientes.

Super Fertilizante e Adubo Foliar

Como já mencionei no post específico, ele pode ser preparado de diferentes formas, usando diferentes elementos de acordo com o objetivo ou o que você tem disponível.

Recomendo a leitura do post adubo líquido e o preparo dele antes de pensar nos próximos elementos, porque ele é a base desse super fertilizante foliar.

Vale super a pena ter sempre essa fórmula à disposição porque ela é realmente ótima para as plantas, seja usada na rega ou como fertilizante foliar, e dura bastante.

Cupro Dimy

Uso para prevenir e combater fungos nas minhas plantas, especialmente tomateiros, roseiras e algumas ervas, que são mais suscetíveis a esse tipo de doença.

Super Fertilizante e Adubo Foliar - cupro dimy

Mas além de ser ótimo fungicida, também é um excelente fertilizante foliar por causa do cobre em sua composição.

Enxofre Dimy

Uso para prevenir e combater ácaros nas plantas, especialmente pimenteiras. Tem post aqui no blog sobre o enxofre dimy no qual falo em detalhes sobre o uso e preparo.

Super Fertilizante e Adubo Foliar - enxofre dimy

Assim como cupro dimy ele tem dupla função, previne e combate certas pragas, mas também funciona como fertilizante foliar por causa do enxofre em sua composição.

Extrato de Própolis

É um excelente fungicida e bactericida para as plantas. Vale ressaltar que não deve ser usado o spray de própolis ou outros tipos que são diluídos ou que tem outros componentes. É necessário usar o extrato de própolis puro. Além das minhas plantas, eu também uso todos os dias pela manhã, tomo 15 gotas (um conta-gotas cheio) diluídas em um pouquinho de suco de laranja.

Super Fertilizante e Adubo Foliar - extrato de própolis

Não importa se a base é alcoólica ou não. Ambos funcionam da mesma forma.

Material

Além dos fertilizantes já citados alguns outros itens são necessários, mas são todos materiais bem básicos e que recomendo serem usados somente para jardinagem (obviamente, mas não custa reforçar).

  • Um borrifador de 500 ml;
  • Adubo orgânico líquido (concentrado);
  • Cupro dimy em pó;
  • Enxofre dimy em pó;
  • Extrato de própolis puro;
  • Funil;
  • Colher de café;
  • Filtro de café.

Como Preparar

Para fazer essa fórmula basta preparar o adubo líquido seguindo o passo a passo do post adubo líquido e depois utilizá-lo na proporção de 1/10 para usar como adubo foliar. Uso 50 ml de adubo líquido medido num potinho de coleta que se acha em qualquer farmácia.

Super Fertilizante e Adubo Foliar

Coloco no recipiente usando um funil e filtro de café para evitar qualquer partícula maior na mistura que possa entupir o borrifador.

Caso não tenha filtro de café em casa pode usar duas folhas de papel toalha sobrepostas dentro do funil, que também funciona super bem.

Super Fertilizante e Adubo Foliar
Super Fertilizante e Adubo Foliar

Acrescente uma colher de café de cupro dimy, uma colher de café de enxofre dimy e 30 gotas de extrato de própolis puro.

Misture tudo, agitando bem o borrifador. Lembre-se de fechar bem antes de agitar.

Como Aplicar

Se sua planta já está com sintomas e debilitada recomendo usar essa mistura três vezes por semana por duas semanas para ajudá-la a se recuperar. Depois passe a usar duas vezes por semana até notar novas brotações e ver desaparecerem os sintomas de pragas ou doenças. Quando a melhora evidente ocorrer reduza para uma vez por semana.

Se você caiu nesse post por acaso ou por ser inscrito na newsletter do blog (super obrigada por isso!) pode usar essa fórmula nas suas plantas uma vez por semana como manutenção / preventivo e não há necessidade de mais do que isso se não existem sintomas aparentes.

Vale lembrar que essa fórmula foi criada pensando especificamente em sintomas de rosas, mas serve também para outras plantas, especialmente para tomates, que costumam apresentar fungos como uma de suas principais doenças, e pimentas, que tem uma tendência a apresentar ácaros, e também são plantas exigentes em termos de nutrientes.

De qualquer forma, como explicado anteriormente, os defensivos usados atuam também como fertilizantes foliares, então não tem apenas a função de atacar pragas e doenças, também mantém os níveis de alguns micronutrientes específicos, deixando as plantas mais saudáveis.

Não se deve usar essa fórmula para tudo! Ela foi criada pensando em tratar/prevenir e ao mesmo tempo nutrir as plantas, mas outras pragas ainda vão precisar de defensivos específicos, como pulgões, cochonilhas, moscas brancas, etc. Bem como outras necessidades nutricionais vão ser atendidas de diferentes formas, como com as adubações regulares feitas com adubos sólidos, como esterco bovino, húmus, etc, misturados ao substrato.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!