Mais uma Técnica de Germinação
Da Semente à Flor

Mais uma Técnica de Germinação

Quando nem eu achava que poderia descobrir outra técnica de germinação eis que olho para o paninho que fica na pia da cozinha com um olhar diferente…

Já têm tantos posts de técnicas de germinação aqui no blog, para comprovar basta fazer uma pesquisa rápida usando esses termos, que eu levei mais tempo pensando no nome que ia dar pra esse do que escrevendo o texto. No final das contas saiu esse nome super criativo (#sqn).

Na verdade esse não é um post apresentando uma nova técnica de germinação e sim uma variação de uma que já mostrei aqui no blog chamada Mix de Técnicas de Germinação. A diferença é que troquei o algodão pelo paninho limpa-seca-germina que antes só servia para secar a pia e limpar os móveis de casa e agora também é útil no quesito jardinagem.

Papel para Germinação
Na maioria dos casos recomendo a troca do algodão pelo paninho limpa-seca-germina

A única mudança foi mesmo o uso do paninho, fora isso continuo usando a técnica como mostrei naquele post que mencionei e ela é ótima para quem, como eu, tem pouco tempo e, principalmente, pouco espaço.

Para mim a grande vantagem do paninho limpa-seca-germina é que ele retém melhor a umidade. O algodão secava com muito mais facilidade, especialmente em dias quentes. Além disso com esse paninho é mais fácil retirar as sementes germinadas sem agredir as raízes, quando no algodão, se elas não fossem retiradas pouco tempo após a germinação, ficavam com as raízes emaranhadas.

Para sementes muito pequenas como as de mosquitinho, hortelã, camomila, etc, ainda sugiro plantar direto no substrato usando a técnica da estufa. Nesses casos as sementes são pequenas e sensíveis demais para ficar transplantando pra lá e pra cá ainda jovens.

Para as demais sugiro essa técnica que acabei de apresentar ou o mix de técnicas usando o algodão. Para sementes maiores como a lichia, por exemplo, prefiro o algodão porque faço uma caminha com ele envolvendo a semente. Para as demais tenho preferido o paninho limpa-seca-germina.

Caso vá usar o algodão basta colocar por cima do paninho.

7 respostas para “Mais uma Técnica de Germinação”

    1. Sim Katia. Tem nesse post o link para outro no qual mostrou o recipiente que uso, um pote plástico transparente. : )
      Abraços Floridos

    1. Thaylane cultivei recentemente, deram frutos super saborosos, foram os morangos mais doces que já comi, rs, mas tive problemas com as mudas e agora estou começando de novo. Já tenho alguma experiência com eles, mas quero ter um cultivo mais bem sucedido e aprender mais antes de fazer um post, porém você pode ficar à vontade para tirar dúvidas enquanto não publico.
      Abraços Floridos

  1. Muito legal. Também fico procurando por novas técnicas. Tudo que vejo vira estufa, desde os potinhos de manteiga até as embalagens plásticas de bolo.
    Tenho usado muito a espuma fenólica para germinação e tenho gostado bastante da praticidade e retenção de água.
    Comecei há um mês com ela e já tive germinação de pimenta, flores, alface e manjericão.
    Parabéns pelo blog.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *