Amora
Frutíferas

Amora

Fazia tempo que eu queria ter amoras na varanda. Eu cresci comendo amora do pé e muita geléia de amora que minha mãe fazia e que até hoje é minha geléia preferida.

Apesar do desejo de ter minha própria amoreira eu nunca procurei muito por falta de espaço. Precisava de um dos meus vasos maiores livres para ela, mas um dia isso finalmente aconteceu e antes de fazer uma viagem para Holambra deixei aquele vaso reservado para a muda de amora que eu ia trazer de lá.

Amora

Agora, alguns meses depois de adquirir minha muda, posso falar sobre os cuidado que tenho com ela para que fique saudável e tenha uma boa produção.

Tamanho do Vaso e Espaço

O ideal é que a muda seja plantada em um vaso grande, não precisa ser gigantesco, mas deve ser grande, quanto maior melhor.

O vaso deve, de preferência, ser alto e largo, mas entre um vaso mais baixo e largo e um alto e mais estreito o segundo é a melhor opção. O meu vaso tem 70 cm de altura e ainda acho pouco.

Além do espaço do vaso o ideal é que ela tenha espaço lateral porque fica muito ramificada como a amora silvestre que já mostrei aqui no blog.

Rega e Sol

O vaso no qual minha amora está plantada pega sol durante toda a manhã e parte da tarde.

As amoras não são tão exigentes com sol quanto outras frutíferas e se desenvolvem bem mesmo se não estiverem expostas ao sol pleno. Mas que fique claro que isso não quer dizer que não precisem de sol.

Brotos da Amora
Cada uma das gemas dos galhos geram novos brotos

As regas devem ser suficientes para manter uma leve umidade no substrato, mas sem encharcar. Eu prefiro deixar o substrato secar levemente entre uma rega e outra a deixá-lo úmido demais.

Pragas

Aqui observei fungos (a muda já chegou com sintomas) e cochonilhas. Para tratar os fungos usei o leite como sempre faço com ótimos resultados e foi resolvido o problema.

Para tratar as cochonilhas usei o combo super top plus, mas precisei limpar as folhas além de fazer as aplicações.

Recentemente notei um início de infestação de ácaro aranha, mas foi rapidamente resolvido porque consegui identificar no começo.

De uma maneira geral acho a amora uma frutífera bastante sensível à pragas. De todas as frutíferas que tenho é a que mais dá trabalho e requer atenção, mas tudo vale a pena para deixar minha planta saudável.

Recuperação

Minha amora passou por um período de trevas. Depois que adquiri ela frutificou pouco e começou a perder as folhas, provavelmente por causa das cochonilhas, mas nem foram tantas assim, o ataque não foi severo, mas ela sentiu bastante.

As cochonilhas foram erradicadas, mas ela perdeu todas as folhas. Achei que fosse se recuperar bem porque fiz uma boa adubação, mas não foi o que aconteceu. O tempo passava e ela não mostrava sinais de recuperação.

Eu não estava disposta a perder minha amora e precisava fazer algo para ela se recuperar, mas eu já estava fazendo tudo que faço normalmente, então decidi começar a aplicar leite e adubo juntos nas folhas uma vez por semana, sendo o adubo líquido feito a partir de húmus e esterco.

A transformação da planta foi incrível e visível a cada semana. Minha amora renasceu linda, saudável e carregada de frutos.

Mantive o uso da mistura de leite e adubo líquido borrifando a planta até começarem a aparecer os primeiros frutos. A partir daí passei a tomar o cuidado de aplicar somente no caule da planta evitando os frutos porque não me agrada a idéia do adubo líquido nas amoras propriamente ditas, afinal é feito a base de esterco.

Adubo

Para o plantio da minha amora usei uma parte de húmus e uma parte de substrato. Para cada três partes dessa mistura usei uma parte de esterco bovino.

Durante o plantio, acrescentei duas aspirinas esmagadas na cova antes de posicionar a muda.

Além desses cuidados durante o plantio, uso o adubo líquido uma vez por semana nas regas e borrifo o leite nas folhas também uma vez por semana.

Por ser uma frutífera e cultivada em vaso a amora precisa de uma boa rotina de adubação para produzir bem.

Propagação

Eu ainda não testei a germinação das sementes da amora, até porque as minhas ainda estão amadurecendo, mas futuramente vou testar e fazer um post só sobre isso.

Para quem quer começar a cultivar amoras vale a pena observar por onde passa porque não costuma ser difícil encontrá-las. Pelo menos aqui em SP são muito comuns. No meu condomínio e nos arredores há algumas.

Amora
Amora dando muitos brotos novos e frutos

É possível coletar frutos e plantar as sementes. Também é possível cortar um galho para fazer estaquia, que é um processo simples e dá resultado rápido. Já fiz um post sobre estaquia, mas achei um vídeo que fala só sobre a estaquia da amora.

18 respostas para “Amora”

  1. Olá, gostei muito da matéria.

    Eu plantei uma árvore de Amora Nigra em meu jardim (no mês de Janeiro), e agora, exatamente cinco meses depois, ela está com mais de 3 metros. Já devo fazer a poda? Como fazer? A mesma está com alguns insetos (maria fedida), são prejudiciais? São retiradas apenas manualmente?

    Muito obrigado por alguma ajuda!

    Abraço.

    1. Veja o post Guia de Defensivos Naturais, lá há links para post sobre Fungos, que também fala em detalhes sobre o leite, e para o post cochonilhas, que tem muitas fotos e vai te ajudar a identificar cada tipo. : )
      Abraços Floridos

  2. Oi Bruna.

    Meu sonho é ter uma amoreira no vaso. Mas não está nada fácil. A muda pegou,,ficou linda com folhas enormes, maiores do que as normais para uma muda, Sairam várias folhas, depois começaram a amarelar e não brotou mais nenhuma. Poderia me ajudar??

    1. Marcia a amora perde quase todas as folhas nas épocas mais fria do ano. Elas começam a amarelar e cair. É normal. As brotações voltam com força total na primavera. : )
      Abraços Floridos

    1. Thaylane no próprio post tem um vídeo explicando como enraizar a amora através de estaquia. O vídeo está no fim do post.
      Abraços Floridos

  3. Ola , posso juntar restos frutas com cascas ,em terra da um bom adubo ? Me explica a receitinha do leite borrifado ? Tambem serve para matar bichinhos do pe de graviola ? Bjss

    1. Dalila eu não aconselho a juntar restos de frutas em grande quantidade porque fermentam e isso pode prejudicar a planta. Sugiro que você faça uma composteira ou um minhocário como mostrei aqui no blog. O leite trata fungos e funciona como adubo foliar. Veja o post “Fungos”, lá tem toda a explicação.
      Abraços Floridos

  4. Ainda bem que achei esse site, eu já estava comprando um pé de amoreira bem caro, mas vi que a técnica da estaca é bem legal e parece que dá um resultado em bom tempo e aqui pertinho tem uma ótima produzindo! Agradeço por compartilhar seus conhecimentos.

      1. Boa noite, a minha primeira amoreira não deu certo por causa de uma chuva megaforte que deu após eu plantar.
        Peguei outra estaquia e tentei novamente, ela murchou, secou e eu já estava sem esperanças e já quase comprando uma e de repente ela floresceu!!! Obrigado pelas dicas, sem elas eu não teria tentado.


      2. Luciano fico feliz de saber que no fim deu tudo certo.
        Abraços Floridos

  5. Olá Bruna!
    Frutinha super simpática é a amora!!!!!!!….
    E….achei um pdf que tem tudo a ver……….fala de criação de bicho da seda e cultivo de amoreira…. ainda nem li pois achei hoje mas posto o link pra vc…. deve ser interessante criar bicho da seda não é?….. antes contudo é preciso ter a amoreira…rsrsrsrsrs
    Já cheguei a plantar uma mas não vingou .
    Na verdade tentei fazer um bonzai de amoreira pois,espaço o que é bom…. não tenho!!!!!
    O link do pdf….. que fala sobre criação de bicho da sead e cultivo de amoreira:
    http://respostatecnica.org.br/dossie-tecnico/downloadsDT/NDU4Nw==

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *