Avenca
Folhagens

Avenca

A avenca, adiantum raddianum, que é a variedade que tenho, é uma folhagem linda da família das samambaias. Ela não dá flores, mas sua beleza está nas cores, na textura e na delicadeza das folhas.

Avenca

A reprodução das avencas ocorre por divisão do rizoma ou através do plantio dos esporos. Ainda não reproduzi a minha, mas acho o processo de plantio e crescimento dos esporos muito interessante e logo pretendo começar as experiências com eles.

Esporos da Avenca
Os esporos por baixo das folhas

Eu tentei cultivar avenca pela primeira vez há alguns meses, especificamente em setembro de 2016. Quando comprei minha muda ela estava linda, cheia de folhas e com brotos novos. Eu a transplantei para outro vaso e daí em diante começaram os problemas. As folhas secavam, não nasciam mais brotos e ela foi ficando feia e sem vida até quase não ter mais nenhuma folha.

Ao ver minha avenca definhando eu comecei a buscar motivos para ela estar naquela situação e fui testando tudo que poderia fazê-la melhorar. Claro que nesse processo pesquisei muito e descobri algumas das várias exigências da avenca para ser feliz. Ao longo do tempo ela foi melhorando e se desenvolvendo, mas foram meses até que eu olhasse para ela e visse uma planta linda e saudável de novo.

A primeira coisa que se deve saber sobre as avencas é que elas são muito sensíveis, mas muito mesmo. Você deve estar se perguntando em relação a que são sensíveis e a resposta é: em relação a tudo! Água, vento, adubo, umidade, luminosidade, etc. Mas não há motivo para pânico, porque quando encontra-se o equilíbrio entre regas, luminosidade e adubo o cultivo torna-se simples.

Avenca
Minha avenca atualmente toda linda e sempre com folhas novas

Hoje posso dizer que minha planta está estabilizada, pelo menos por enquanto, e não me dá praticamente nenhum trabalho. Mas para chegar nesse ponto eu tive que achar o local perfeito para o vaso e entender todas as necessidades que ela tem, sem excessos ou faltas.  Daí para frente ela se tornou uma planta de fácil cultivo.

Local Ideal

Claro que cada caso será diferente, mas o principal para ter uma bela avenca é encontrar o local ideal para ela em termos de luminosidade, vento e umidade. Substrato, rega e adubo podem ser mais facilmente adaptados.

O local ideal para uma avenca é onde tenha muita luminosidade indireta, mas tem que ser muita mesmo, ou sol direto, mas filtrado, e por poucas horas.

A minha avenca fica no escritório em cima de uma mesinha em frente à janela e pega por volta de duas horas do sol do fim da tarde com a janela sempre fechada, filtrando a luz. Por pegar sol direto, ainda que filtrado, ela ficou com as folhas mais claras, porém maiores e mais bonitas do que quando comprei.

Avenca
Sol filtrado pela janela nas folhas

Eu sugiro que a avenca fique dentro de casa, mas caso isso não ocorra o ideal seria deixá-la em local sem sol direto, mas com muita luz natural.

Outra opção é deixar a planta fora de casa,  protegida por outra planta, que a cubra parcialmente e permita que alguns raios de sol cheguem, mas nesse caso recomendo sol da manhã e não da tarde, porque, ainda que parcial, o sol incidiria nas folhas sem qualquer filtro e isso poderia queimá-las.

Mini Jardim
Os gatinhos que enfeitam o vaso da minha avenca

Seja dentro de casa ou fora dela o vento também é um fator muito importante. A avenca não suporta vento. Além de suas folhas serem muito delicadas e finas, podendo ser facilmente danificadas, o vento pode ocasionar mudanças bruscas na temperatura e umidade do ambiente e isso não funciona bem para as avencas. Então seja onde for elas devem estar bem protegidas do vento.

Avenca
A delicada folha da avenca

Quanto ao local ideal a primeira providência é analisar ao invés de ficar trocando a planta de lugar. Avencas não gostam de mudanças de ambiente e podem sentir bastante.

Recomendo que seja observada a luminosidade e o vento dos locais que são considerados opções para colocá-la. Verifique a incidência de sol ao longo do dia. Durante a semana é impossível para a maioria das pessoas que trabalham fora, portanto sugiro verificar nos fins de semana, mas é muito importante que isso seja feito.

Rega

Outro detalhe do cultivo da minha planta é que procuro usar água descansada como faço com carnívoras e orquídeas.

Depois de testar vaso de plástico comum, prefiro o cultivo da minha avenca em vaso autoirrigável. Esses vasos são ótimos para elas porque mantém a umidade constante e regulada, algo que é muito importante para as avencas. Umidade excessiva jamais pode ocorrer.

As regas nos vasos autoirrigáveis são feitas por caninhos que levam a água direto ao reservatório no fundo. Não rego imediatamente depois que o reservatório seca. Espero a superfície do substrato aparentar estar levemente seca, então encho novamente. Isso pode ocorrer muito rápido ou levar uns dias dependendo da época do ano, umidade do ar, temperatura, etc.

Avenca
Minha avenca no vaso autoirrigável

Caso a planta esteja em um vaso de plástico convencional ou em um vaso de barro, o ideal são pequenas regas, mas todos os dias.

Em dias muito quentes e secos pode-se borrifar água nas folhas. Deve-se borrifar a uma certa distância para que apenas uma nuvem muito fina de respingos vá para a planta.

Adubo

Toda vez que rego a planta eu coloco meio copo dos de plástico de adubo líquido puro e completo com água descansada o volume do reservatório.

Avenca

Diz a lenda que pó de café é ótimo para elas, mas não uso porque não tenho esse item disponível em casa. O que faço é colocar meio copo de plástico da água misturada com café que sai da minha cafeteira no reservatório e completar com água descansada. Faço isso a cada duas ou três vezes que rego e quando uso a água com café não uso o adubo líquido.

Avenca
Folhinha nova em desenvolvimento

Independente de ser cultivada em vaso autoirrigável ou não, sugiro que não sejam usados com frequência adubos misturados ao substrato. Não custa lembrar que avencas são sensíveis, muito sensíveis, e não é interessante ficar perturbando as raízes. Então as melhores opções de adubos para elas são os líquidos e os que são apenas colocados por cima do substrato como os que existem em pastilhas (adubos químicos) ou que podem ser feitos a partir de adubos orgânicos.

Problemas 

Até agora falei de tudo que é bom e faz bem para as avencas, mas há muitos problemas que podem ocorrer, afinal elas são sensíveis.

Se mesmo com todo o cuidado que mencionei a planta não estiver bem, e isso é muito comum, pode ser por vários motivos e nem sempre é fácil identificar a causa do problema.

Se houve mudança de ambiente poderão ocorrer muitas reações negativas no começo. Ainda que seja uma mudança para melhor será necessário ter paciência para ver se a planta vai concordar ou discordar.

Avenca
Quase não dá pra ver as pontinhas das folhas secando, mas começa assim discretamente e depois avança rápido, secando a folha por inteiro

Os sintomas mais comuns de desgosto são folhas com as borbas secando ou folhas secando por inteiro e rápido, sem sinal de crescimento de novos brotos. Quer dizer, a planta só perde folhas e não renova, ficando cada vez mais sem vida. Esses sintomas podem ser devido à mudanças de ambiente, falta de umidade do ar ou correntes de vento. Como às vezes é difícil saber exatamente qual é o problema sugiro levar em consideração todos os pontos que mencionei e procurar as condições ideais para a avenca.

Se as folhas estão murchando provavelmente é por falta de umidade no substrato. Observar o substrato e manter a umidade constante é fundamental, por isso recomendo os vasos autoirrigáveis para elas.

Se as folhas estão amarelando por inteiro ou verdes muito claras, quase amarelas, provavelmente é excesso de luminosidade.

Pra manter a planta saudável, além de tudo que já mencionei, também é importante cortar as folhas secas rente à base, isso deixa a planta com aspecto mais bonito e favorece o crescimento de novos brotos.

8 respostas para “Avenca”

    1. Iana pode ser fungus gnats, pesquise por esse nome no google e veja se identifica as larvas. Caso seja mesmo veja o post Guia de Defensivos Naturais, lá falo sobre o fungus gnats e sobre o tratamento, que é com água oxigenada diluída.
      Abraços Floridos

    1. Lourdes veja o post cochonilhas. Acredito que seja esse problema. No post você poderá identificar com certeza se for essa praga e verá como tratar em detalhes. Qualquer dúvida estarei à disposição.
      Abraços Floridos

  1. Olá Bruna !

    Eu vou fazer isso que você disse. Irei deixar em água morna por 24hrs e depois lixar, só não sei como faço para lixa-las :/

    Vou dar uma olhada no seu post sobre o Mix 😀

    Vou te atualizando !

    1. Oliver use uma lixa de unha normal e vá lixando por toda a semente. Não precisa lixar loucamente, rs, mas tirar um pouco a camada superficial.
      Abraços Floridos

  2. Bom dia !

    Adorei seu post 😀

    Recentemente comprei Atemoia no mercado e gostaria de saber como faço para germinar as sementes dela. Adoraria se você fize-se um post ensinando a germina-las. Desde já agradeço.

    1. Oliver já anotei na lista de sugestões dos leitores. : ) Mas por hora sugiro que você deixe as sementes de milho na água morna por 24hs, depois lixe as sementes levemente por toda a superfície e use a técnica da estufa. Essas sementes são difíceis de germinar. Veja o post Mix de Técnicas de Germinação, ele irá te ajudar e qualquer dúvida estarei à disposição.
      Abraços Floridos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *