Larva Minadora 
Pragas e Doenças

Larva Minadora 

A larva minadora é um problema muito comum e pode ser difícil de lidar quando não se sabe combater. Em muitos casos o problema pode se agravar porque essa praga é facilmente confundida com fungos dependendo do tipo de inseto que a causa e dos sintomas que apresenta.

Larva minadora
Foto da amiga Camila do Blog Diário de uma Sementeira

Felizmente eu não costumo ter esse problema nas minhas plantas, apesar de já ter tido aqui algumas poucas ocorrências, mas minha mãe e meu irmão sofrem muito com ele, especialmente no manjericão, e recebo muitos e-mail de leitores com dúvidas sobre essa praga. Por isso vou falar sobre tudo que sei sobre a larva minadora.

Larva minadora
Foto da leitora Amanda Koureiche
Larva minadora
Foto da leitora Amanda Koureiche

Em geral, considerando os pequenos cultivos, a larva minadora não causa tantos danos quanto outras pragas, que prejudicam consideravelmente o desenvolvimento das plantas. Porém, se ocorrer em grande quantidade e não for tratada de maneira adequada pode se agravar. É importante estar atento e agir ao menor sinal de sintomas.

Larva minadora
Foto da leitora Cynthia

Apesar de percebermos os sintomas apenas quando a larva já está causando danos, o que precisamos combater são os insetos adultos. Há dois gêneros de insetos que são normalmente os responsáveis pelas infestações de larva minadora, uma mini mariposa fofa, mas ordinária, chamada phyllocnistis e uma mosquinha nojenta, afinal todas são, chamada liriomyza.

Larva minadora
Folhas afetadas pelo gênero liriomyza. Foto do Projeto Verdejar

Os insetos adultos depositam os ovos nas folhas e quando os ovos eclodem liberando as larvas elas entram no tecido foliar, criando os característicos caminhos que vemos. Os danos causados pelas larvas atrofiam o tecido foliar e prejudicam a fotossíntese, além de facilitarem a entrada de outras pragas e doenças nas plantas.

Larva minadora
Foto da leitora Fernanda Schleier

O controle com defensivos afeta apenas os insetos adultos. As larvas estão protegidas pelo tecido das folhas e o único tratamento é retirar as partes afetadas, que devem ser descartadas no lixo longe da planta.

Larva minadora
Foto da leitora Ana Clara

Se detectada no começo essa praga não afeta tanto a planta, mas caso já tenha se espalhado muitas folhas precisarão ser retiradas. Após a retirada das folhas afetadas sugiro usar combos de defensivos com ação repelente como o álcool com alho e inseticida como o óleo de neem, fazendo aplicações a cada dois dias até não ver mais novos sintomas e depois uma vez por semana como preventivo se for uma praga regular. Para um borrifador de 500 ml deve ser usada uma tampinha do óleo de neem puro e 3 tampinhas de alho curtido no álcool, completando o resto com água. Pode-se acrescentar também 1 colher de sobremesa rasa de detergente neutro ou de côco ou 10g de sabão de côco (meu preferido) já dissolvidos em água.

Larva Minadora
Foto do leitor Alexandre Oliveira

Outra sugestão é usar também placas amarelas que são próprias para captura de insetos e servem inclusive para o controle do mosquito da dengue e drosófilas, por exemplo.

Caso seja necessário retirar muitas folhas o ideal é usar o adubo líquido duas vezes por semana para estimular novas brotações. Quando elas começarem a surgir reduza para uma vez por semana e mantenha, fará muito bem para a planta independente de qualquer praga.

9 respostas para “Larva Minadora ”

    1. Neide eu não sei dizer com certeza se causa danos à saúde, mas não recomendo a ingestão dessas folhas por via das dúvidas.
      Abraços Floridos

  1. Adoro manjericões, essas larvas minadoras atacaram os meus pés de manjericão, no início eu não entendia o que era e achei que era normal, mas depois que se espalhou fiquei preocupado, foi quando ouvi falar no óleo de neem, salvador da pátrica, rsrs. Tirei as folhas atacadas e apliquei neem nos manjericões e deu certo.

  2. Oi. Senti falta do seu blog…
    Tive esse problema com a primeira planta do meu projeto de jardim. Era, teoricamente, um rabo de galo, mas nunca chegou a ficar tão bonito quanto um. A coisa deslanchou totalmente quando essas larvas tomaram todas as folhas e eu continuei sem saber o que fazer (não sabia o nome dessa praga infeliz).
    Assim que o $$ cair na conta irei comprar os itens dos preventivos. Obrigada pelas dicas. Seu blog é um dos meus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *