Sementes de Droseras
Carnívoras

Sementes de Droseras

Depois de descobrir as carnívoras, que já me fascinavam, e me apaixonar por elas, eu descobri coisa pior, sementes de carnívoras, nesse caso de droseras.

Acabei me deparando com esse assunto quando pesquisava sobre a floração da dionaea. Fiquei enlouquecida! Já imaginava que coisas mais fofas deviam ser as carnívoras bebês. Comecei a pesquisar onde poderia comprar as sementes e achei 3 lojas, mas por ter encontrado elogios sobre uma delas em especial decidi comprar nessa e não me arrependi!

Quando as sementes chegaram eu já tinha pesquisado sobre o plantio, então sabia o que fazer. Como não tenho muita experiência com carnívoras não posso dizer se esse método que usei serve para todas as espécies, mas pelo menos com as sementes de droseras deu ótimos resultados.

Drosera Burmannii Red

Para fazer o plantio preparei o substrato da mesma forma que fiz com as dionaeas, usando musgo sphagnum e areia previamente fervidos, sendo 70% de sphagnum e 30% de areia.

Com o substrato pronto montei os vasinhos, preenchendo-os completamente, depois salpiquei as sementes (salpicar mesmo porque são um pó) sem cobrir, apenas colocando-as no vaso.

Cortei um pote de plástico para servir como recipiente, deixei a água numa altura razoável e apenas observava, quando o nível baixava eu completava.

Vaso Anti-Mosquito para Carnívoras

Em relação ao plantio preciso fazer uma observação… Sempre via fotos dos plantios de outras pessoas e os vasos eram lotados de mudas. Como nunca vi ninguém mencionando que as separava, e olha que pesquisei muito, plantei da mesma forma, mas não devia ter feito isso. Ao plantar sem critério as plantas crescem muito próximas e é terrível para separar, especialmente se forem droseras que, em geral, tem uma taxa de germinação muito alta. Então, por mais que dê trabalho, sugiro que o plantio seja feito de forma organizada e para isso basta pegar as sementes usando a ponta de um lápis ou lapiseira.

Fiz o plantio no dia 12/12/2015 e deixei os vasos em local que pegava sol da manhã, sempre tomando o cuidado de manter o nível da água constante no recipiente, nunca deixando secar totalmente. Fiz algumas viagens, então não pude acompanhar tanto quanto gostaria, mas sempre que voltava olhava para ver se encontrava sinais de vida e no dia 28/12 finalmente vi os primeiros pontinhos verdes no vaso da drosera capensis e nos dias seguintes mais pontinhos verdes iam aparecendo.

A segunda variedade que germinou foi a drosera burmannii, mas levou quase um mês já que germinou apenas dia 06/01/2016 e foi só uma muda.

Por último germinaram as burmannii red no dia 20/02/2016, mas a cor que acompanha o nome só veio meses depois quando as coloquei no sol pleno. Para essa variedade ficar com sua linda coloração vermelha precisa de muito sol. A minha ainda está rosada, normalmente a cor fica mais intensa.

As mudinhas até que cresceram rápido, leia-se foram ficando menos microscópicas. Foi impressionante ver o primeiro inseto capturado pelas droseras capensis quando ainda não tinham nem um mês de vida. Ao longo do crescimento elas capturavam cada vez mais insetos e cresciam cada vez mais rápido e aos poucos foi possível ver os detalhes das folhas e o formato das plantas, que são lindas.

Drosera Capensis

Mesmo após a germinação os cuidados com as plantas não mudaram, a única preocupação era manter o nível da água constante.

As droseras burmannii e burmannii red germinaram e cresceram bem mais lentamente do que as capensis, mas no dia 13/03 transplantei as mudas para outros vasos onde poderiam ter mais espaço e era fundamental separar as mudas de capensis que foram plantadas juntas demais.

Depois do transplante começaram a crescer ainda mais rápido e aproximadamente 15 dias após a troca de vaso coloquei as mudas no sol pleno e hoje estão todas lindas, com suas belas cores realçadas.

Apesar de ser um exercício de paciência, porque as carnívoras podem demorar bastante para germinar, eu recomendo muito a experiência. Além de ser sempre gratificante observar o desenvolvimento das plantas, só é possível encontrar algumas variedades em forma de semente, sendo muito difícil comprar mudas.

13 respostas para “Sementes de Droseras”

  1. Pode me dizer aonde você adquiri as sementes das suas carnívoras, encontrei vários vendedores, mas nenhum me passou 100% de confiança, outra, você ainda usa essa configuração de substrato (70 sphagnum 30 Areia) ? Quais as dimensões dos vasos ultilizados?
    Fico no aguarde das respostas…
    Parabéns pelos resultados!
    Rafael

    1. Rafael eu já comprei no CarnívorasShopping.com.br e no PlantasCarnívoras.com.br e recomendo ambos. Eu tenho usado mais areia para facilitar a manutenção porque o sphagnum deteriora e precisa ser trocado, mas essa proporção que passei no post é ótima e só não uso mais para facilitar mesmo na troca do musgo. Uso vasos médios, mais altos do que largos, por volta de 15 cm de altura, de plástico e fechados embaixo, funcionam muito bem.
      Abraços Floridos

  2. Bom dia. Fiquei com uma duvida em relação ao plantio das carnivoras. No vaso é colocada primeiro a areia e o musgo por cima ou areia é misturada ao musgo?

    1. Eu usei o musgo e areia misturados, mas se você preferir pode também usar a areia por baixo com uma camada de musgo por cima.
      Abraços Floridos

  3. Oi Bruna, como vai? Acompanho seu blog desde que comecei a me aventurar pelo mundo da horta em vaso, em janeiro. No começo achei que era só colocar lá o vaso, regar e esperar crescer, depois de perder algumas mudas comecei a pesquisar e estudar mais o assunto, rs.
    Infelizmente, talvez pela demora, estou com um problema que não consigo resolver de jeito nenhum. Minhas plantas estão infestadas de uma mosquinha preta, que ficam mais no solo, como se fossem formigas. Com os defensivos elas saem mas voltam no dia seguinte, e comecei a achar agora larvas brancas, muitas, bem miúdas, que acredito terem eclodido dos ovos. Estou beirando o desespero por não saber mais o que fazer. Com a calda de fumo + neem já tem quase 2 semanas na terra e nas folhas, mas eles persistem. Já ouviu falar de terra de diatomácea? Será que resolve?
    Também estou com muitas minhocas, que com certeza vieram junto do substrato. Sei que fazem bem pras plantas mas não é nada agradável dar de cara com elas o tempo td então vou catando aos poucos rs….
    Você pode me ajudar? Esses mosquitinhos estão me levando à loucura.
    Obrigada!

    1. Aline parece ser fungus gnats. Eu já tive um vaso infestado com elas aqui, mas até onde sei não causam mal às plantas. Faz tempo que sumiram e coincidentemente depois que adquiri as carnívoras, que ficam lotadas de mosquinhas, mas não sei se são as drosofilas comuns ou essa que fica no substrato. Se te incomoda muito pesquise por esse nome é métodos de controle. Como nunca me Incomodei com elas por não causarem mal às plantas, não sei o que te recomendar. E se achar algo eficaz me avise depois, gostaria de saber sua experiência. : )
      Abraços Floridos

      1. Bruna!! Muito obrigada, nada como conhecer seus inimigos pelo nome, foi mais fácil de pesquisar e descobrir como acabar com esses malditos bichinhos!!

        Acabei descobrindo o que eu já desconfiava: as mosquinhas realmente não fazem mal às plantas, mas as infelizes botam milhares de ovos numa velocidade absurda, de onde saem larvinhas brancas, e elas sim, detonam as raízes das plantas. Perdi uma alface e um salsão de replantio do caule pra elas (começaram a brotar e morreram), e meu vaso de cenouras foi todo para o lixo (elas não estavam crescendo de qualquer forma, e acredito que o motivo foram as malditas larvas comendo suas raízes).

        Pesquisando loucamente por aí, descobri esse site: http://www.howtogetridofgnat.com, que tem várias dicas, e o que me salvou foi a Água Oxigenada!! Nem Acredito que deu certo! Água Oxigenada 3% diluída: 1 parte de H2O2 para 4 partes de água. Usei na rega, a terra borbulhou e as larvas desapareceram. Simples assim. Como um bônus descobri que a água oxigenada faz um bem danado para plantas, pois após borbulhar ela se quebra em moléculas de Oxigênio e Água. Deu Td certo. Também li que Dimmy pel funciona, mas não achei para comprar e eu precisava de algo urgente, rs. Vou comprar pela Net e ter em casa, se acontecer de novo estarei armada! Mas confesso que fiquei maravilhada com a água oxigenada rs.

        Agora estou atrás daquelas armadilhas adesivas para moscas para acabar com o risco, sabe onde encontro?

        Muito obrigada pela ajuda! Beijos

      2. Aline eu que agradeço! Agora se outro leitor tiver dúvidas já sei como ajudar. : ) A armadilha eu não sei onde comprar, vou ficar devendo. Abraços Floridos

  4. Nossa, que massa!
    Eu tenho uma dúvida sobre carnívoras, se eu não tiver insetos, elas se desenvolvem ainda assim?

    Vivo no 14º andar do prédio e na grande SP, então não tem muitos insetos no meu AP, mas adoraria ter, ainda mais porque estou plantando tomates e já ouvi falar que pode atrair mosquinhas, adoraria ter uma armadilha para elas kkk…

    1. Se desenvolvem sim Rafael e você não precisa, nem deve, alimentar as plantas. Mas pode ter certeza que elas vão atrair alguma coisa pra comer, rs. Eu recomendo muito carnívoras, são de pequeno porte para quem tem pouco espaço, são lindas, fáceis de cuidar e são úteis porque pegam muitos insetos.
      Abraços Floridos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *