Suculenta Coroa de Cristo (Euphorbia Milli Mini)
Cactos e Suculentas

Suculenta Coroa de Cristo (Euphorbia Milli Mini)

A euphorbia milli, ou coroa de cristo como é conhecida, é uma planta da qual sempre gostei, mas é grande e eu não podia simplesmente ter essa mocinha espinhenta na minha varanda, até que achei uma versão mini dela. Como eu adoro tudo que é mini não resisti, precisei comprar.

Suculenta Euphorbia milli mini

Desde que eu trouxe minha mini euphorbia para casa ela cresce e floresce sem parar. Quando a comprei tinha algumas poucas flores, mas a replantei em outro vaso maior e coloquei no parapeito da varanda para que tivesse sol pleno. Em poucos dias ela começou a dar sinais de satisfação com novos brotos e depois com muitas flores. Agora que já a cultivo há algum tempo posso falar sobre as necessidades e preferências da euphorbia milli mini.

Plantio

Apesar de ter o caule grosso e enormes espinhos a euphorbia milli é uma planta suculenta e não um cacto e ela é tóxica para animais por causa da seiva leitosa que escorre quando ela é cortada ou machucada, como já mencionei no post Plantas Venenosas para Animais.

Suculenta Euphorbia milli mini

Por ser uma planta suculenta recomendo para o plantio um substrato composto de substrato pronto (desses que compramos em lojas de jardinagem), húmus de minhoca e areia de rio média ou de construção. Primeiro faço a mistura do substrato com o húmus de minhoca em partes iguais, depois uso duas partes dessa mistura e uma parte de areia para preencher o vaso.

Suculenta Euphorbia milli mini

Como a euphorbia milli que eu cultivo é a mini ela pode ser cultivada em vasos, mas não muito pequenos. A que eu comprei veio em um mini vasinho daqueles minúsculos mesmo no qual vendem pequenas mudas de suculentas e cactos bem bebês. Eu a replantei em um vaso maior e ela cresceu bastante desde então. Euphorbias milli não são exigentes com espaço, mas o ideal é que tenham o suficiente para crescerem saudáveis.

Sol

Elas amam sol e vão precisar de um local que tenha sol pleno para viverem felizes. A minha muda, que está comigo há alguns meses, pega sol praticamente o dia todo e está com um ótimo aspecto.

Suculenta Euphorbia milli mini

Elas não são uma opção se o sol é escasso porque vão ficar estioladas, com menos folhas e flores e caules super compridos, dando um aspecto feio à planta.

Rega

Para a minha muda mantenho regas regulares em pouca quantidade, deixando o substrato secar entre uma rega e outra. As euphorbias não toleram encharcamento assim como a maioria das suculentas, portanto o ideal é ter cautela.

Suculenta Euphorbia milli mini
Os espinhos da euphorbia milli mini

O fato de ser o ideal para elas deixar o substrato secar entre as regas não quer dizer para matar a planta de sede, apesar dela tolerar bem a falta de água. Eu prefiro regar mais vezes por semana em pequena quantidade do que regar em maior quantidade e ficar mais dias sem colocar água. O importante é sempre observar o substrato e as necessidades da planta.

Adubos

Assim como para as minhas outras plantas, uso para a euphorbia basicamente dois adubos: esterco bovino e húmus de minhoca misturados ao substrato ou como base para o adubo líquido que eu mesma faço. Também uso o leite diluído ou o kefir, que além de prevenirem fungos ainda agem como adubo foliar.

Suculenta Euphorbia milli mini
Botões florais

O esterco e o húmus de minhoca eu misturo ao substrato no plantio. Uso um adubo líquido também feito com húmus e esterco uma vez por semana e aplico junto com o leite diluído ou kefir. Todas as informações sobre dosagem e diluição estão nos links para os posts.

Pragas

Minha euphorbia nunca teve nenhuma praga. Ela é sem dúvidas uma planta muito resistente e de fácil cultivo, mas cochonilhas, pulgões, entre outras são pragas bastante comuns em qualquer planta, portanto sugiro a leitura dos posts correspondentes e também do post Guia de Defensivos Naturais.

Propagação

A propagação das euphorbias é feita facilmente a partir de estaquia. Basta cortar um pedaço do caule e deixar em local seco e fresco até estar cicatrizado, o que significa que a seiva leitosa que sai da planta deve estar bem seca. O corte deve ser feito com um estilete afiado, não recomendo usar tesouras ou alicates de poda. Após a cicatrização deve-se plantar na mistura de substrato adequada e manter todos os cuidados com sol e rega que a planta requer.

Suculenta Euphorbia milli mini

Outra forma de propagação é a partir de sementes, mas antes das sementes vem a polinização das flores e as euphorbias milli têm particularidades que tornam o processo bem interessante.

As flores são hermafroditas, mas não desenvolvem as partes macho e fêmea simultaneamente. Primeiro a flor desenvolve a parte feminina, ficando com os estigmas receptivos. Nesse momento também estão com muito néctar, tornando-se bastante atrativas para os insetos polinizadores.

Suculenta Euphorbia milli mini
A flor recém aberta com o estigma receptivo

À medida que as flores envelhecem desenvolvem a parte masculina, o pólen, que fica bem evidente. Nesse estágio o estigma da flor já não está mais receptivo, então o pólen deve ser usado para polinizar estigmas de flores mais jovens, recém abertas.

Suculenta Euphorbia milli mini
As flores cheias de pólen

Apesar dessa característica a polinização não é difícil porque a euphorbia produz muitas flores e floresce praticamente o ano inteiro.

Por volta de três dias após realizar a polinização é possível observar claramente as cápsulas de sementes se formando. Quando elas estiverem bem gordinhas, totalmente formadas, deve-se retirar a flor e guardar em um pote em local seco e fresco. É necessário fazer furos na tampa do pote para arejar as sementes ou cobrir com um papel toalha e colocar um elástico para prender.

Suculenta Euphorbia milli mini
Cápsula de sementes se formando

Isso deve ser feito porque quando as sementes estão prontas a cápsula explode, literalmente, e espalha as sementes muito longe da planta mãe.

Suculenta Euphorbia milli mini
A flor após a cápsula explodir

Aliás não se preocupe se você perder algumas cápsulas que já explodiram (experiência própria) até descobrir o momento ideal de colher e guardar.

3 respostas para “Suculenta Coroa de Cristo (Euphorbia Milli Mini)”

  1. Oi Bruna! você já tentou o cultivo se rosas do deserto? Imaginei que por você morar em apartamento, você teria problemas com sol, mas nesse seu último post você disse que pega sol o dia todo na sua varanda, e como as rosas do deserto precisam de algumas horas de sol por dia, acho que daria certo o cultivo delas aí no seu aparmento.
    Se não tentou ainda, acho que vale a experiência, principalmente por sementes, eu plantei inicialmente algumas e amei, estão crescendo lindamente e isso dá uma sensação de satisfação enorme(por isso comprei mais algumas dezenas). Abraços 😉

    1. Lucas eu já plantei sementes e atualmente tenho mudas, mas as considero sensíveis. Se eu rego um tiquinho a mais já dá fungo nas folhas 🙁 , então ainda estou tentando me entender com elas, rs, quando eu conseguir faço um post. Mas você tem razão, é muito gratificante, a germinação é rápida, o crescimento também e as mudas são uma graça. : )
      Abraços Floridos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *